Educação de Nova Odessa volta presencial só em junho

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Nova Odessa publica nesta sexta-feira (30) uma nova resolução prevendo para o dia 7 de junho a retomada parcial das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino. A data leva em consideração as medidas indicadas pela Organização Mundial de Saúde para conter a pandemia da Covid-19, o decreto municipal que regula o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais e de serviços, e os mais recentes andamentos do Plano São Paulo.

A retomada gradual se dará, como previsto anteriormente, com até 35% dos alunos em sala de aula por dia, alternadamente, e seguirá todos os protocolos sanitários e de segurança. A resolução assinada pelo secretário José Jorge Teixeira ainda mantém em caráter excepcional o funcionamento das unidades escolares das 8h às 17h para atendimento ao público externo, recebimento de mercadorias, atividades de replanejamento do ano letivo, limpeza e organização dos espaços.

Para garantir a redução da circulação de pessoas nas escolas, o texto determina aos diretores organizar uma escala de atendimento, com o revezamento das equipes escolares, inclusive dos funcionários de cozinha e limpeza, por comparecimento em dias alternados.

Já os educadores de Desenvolvimento Infantil responsáveis pelos Berçários e os professores que atuam no Ensino Fundamental cumprirão jornada remotamente e serão convocados semanalmente para cumprir atividade na escola em períodos preestabelecidos. O contato entre os educadores e os coordenadores pedagógicos para verificação do andamento dos trabalhos também será mantido semanalmente de modo remoto.

A pasta iniciou as aulas virtuais do ano letivo 2021 no dia 10 de fevereiro, através de ferramentas de Ensino à Distância e incluindo a entrega de material didático e de apoio nas escolas. Em decreto anterior, o retorno parcial das aulas presenciais estava previsto para dia 03 de maio, mas o agravamento da pandemia levou ao adiamento para 7 de junho “como forma de preservar a saúde dos alunos e dos profissionais da Educação”.

“As escolas receberão maiores informações sobre as alterações de datas dos Conselhos e Reuniões de Pais e a forma que elas acontecerão ao longo dos bimestres”, salientou o secretário da Educação. Ele também alertou para os cuidados que devem ser observados no retorno parcial às aulas presenciais, como a necessidade do uso de máscaras e higienização das mãos.

A Rede Municipal novaodessense, mantida pela Prefeitura, possui 25 unidades, entre creches, pré-escolas e escolas de Ensino Fundamental I, e conta com 55 diretores e especialistas, 400 professores, 200 integrantes nas equipes de apoio, atendendo atende cerca de 5,6 mil alunos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE