Ecofuturo e Suzano recebem membros da ISEAL Alliance

O Parque das Neblinas, reserva ambiental da Suzano Papel e Celulose gerida pelo Instituto Ecofuturo e localizada no alto da Serra do Mar, em Mogi das Cruzes e Bertioga (SP), receberá no dia 21 de maio cerca de 30 membros da ISEAL Alliance. A associação internacional reúne organizações que atuam com sistemas de certificação voluntário em todo mundo e em prol de boas práticas de sustentabilidade para produtos e serviços.

A visita à reserva faz parte da programação da Conferência Global de Padrões de Sustentabilidade da ISEAL Alliance, que acontece em São Paulo de 22 a 24 de maio. Na ocasião, os participantes devem conhecer as ações desenvolvidas pelo Ecofuturo e pela Suzano para a restauração e conservação da Mata Atlântica no Parque das Neblinas e em outras áreas da empresa, além de compartilhar experiências sobre práticas de manejo responsável e os principais desafios e oportunidades relacionados à certificação florestal voluntária.

???A visita dos membros da ISEAL Alliance é importante por duas razões: primeiro porque a ISEAL é formada pelos principais sistemas de certificação voluntária em todo o mundo, como o FSC®, Fairtrade e UTZ, e, portanto, é uma oportunidade única de trocar experiências acerca do trabalho realizado por empresas e certificadoras de outros sistemas. E também porque é muito significativo que esse grupo de profissionais reconheça os esforços da Suzano e do Ecofuturo na gestão do Parque e na criação de novos modelos de manejo e restauração de áreas naturais???, explica Estevão Braga, Gerente de Inteligência em Sustentabilidade da Suzano Papel e Celulose.

O encontro incluirá uma apresentação geral da reserva, seguida por uma trilha com parada em pontos de observação, nos quais serão apresentadas ações desenvolvidas pelo Ecofuturo. Para complementar a vivência, os participantes degustarão receitas preparadas por uma empresa da comunidade local, que inclui ingredientes nativos da floresta, como cambuci e o fruto da palmeira-juçara.

???O trabalho de restauração e conservação desenvolvido no Parque é considerado modelo por organizações ambientais nacionais e internacionais. Vale ressaltar que boa parte da Mata Atlântica que existia aqui foi altamente impactada pela produção de carvão nas décadas de 40 e 50, antes da Suzano adquirir a área. Hoje, dos 6 mil hectares da reserva, 5 mil encontram-se em processo de restauração. Sabemos também que a restauração florestal é reconhecida como uma das principais ações relacionadas às políticas de combate às mudanças climáticas, proteção de recursos hídricos e conservação da biodiversidade???, afirma Paulo Groke, diretor de Sustentabilidade do Instituto Ecofuturo.

O Parque das Neblinas já recebeu anteriormente a visita de membros do WWF Internacional e do Conselho Diretor Internacional do FSC® (Forest Stewardship Council® FSC-C010014). ???Receber agora os membros da ISEAL Alliance é um reconhecimento dos nossos esforços e uma oportunidade excelente para troca de experiências???, conclui Groke.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE