Dramaturgia do Via Crucis traz narrativa épica

A concepção épica, com a participação de um narrador, é a principal novidade na dramaturgia da 18ª edição do espetáculo Via Crucis de Santa Bárbara d’Oeste, neste ano assinada pelo coordenador do projeto, Almir Pugina, com a colaboração do ator Rafael Carmmo, que interpretará Satanás. De acordo com Pugina, o texto seguirá exclusivamente o evangelho segundo João, o único comprovadamente escrito por um dos discípulos de Jesus. O personagem de João participará da peça e será vivido por dois atores, que o representarão em momentos diferentes: em sua trajetória ao lado de Jesus e anos depois, quando teria escrito as passagens bíblicas – este último sendo o próprio narrador da peça e vivido por Pugina. Para Rafael Carmmo, que participa há sete anos da montagem, a experiência de conciliar a dramaturgia com a composição de um personagem de grande destaque na peça tem sido bem interessante. O espetáculo é uma realização da Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, com patrocínio da Rede de Supermercados Pague Menos e produção cultural da 3Marias. O Projeto Via Crucis tem sido realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, através do ProAC/ICMS ??? Programação de Ação Cultural.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE