Dr Hélio rasga o verbo e cola em Lula

Abaixo postagem do ex-prefeito de Campinas Hélio de Oliveira Santos (PDT), que ataca os desvios de verba bilhonários para se defender das acusações e da cassação porque passou em 2011.
Porque será? Continuação.A imprensa trata o superfaturamento de U$ bilhões do Metro e Trens Metropolitanos, de Cartel das multinacionais, – ao invés de simplesmente: – a maior corrupção do governo do PSDB do Estado de SP, – e, ao custo de 03 Refinarias Pasadena!A seca do Nordeste merece dezenas de minutos na grande mídia televisiva , publicações em jornais e revistas de grande circulação, nacional e Int. A grave seca atual no Estado de SP, é associada nos mesmos noticiários à falta de chuvas, desperdícios e mau uso da agua pela população, – com mensagens subliminares, – ao invés de denunciar a ausência total de planejamento em gestão hídrica, nestes últimos 20 anos do governo de SP.O governador por razões eleitorais, não adota medida paliativa de racionamento. Determina penalização com 30% de aumento nas contas de agua das famílias que ultrapassarem em igual percentagem o uso de agua, sem autorização do Legislativo; – Uma medida Inconstitucional. Atentai! Os aumentos de salários, não passaram de 7 a 10% para os trabalhadores…O Ex- presidente do Tribunal de Contas de SP, passa a ser investigado hoje pelos próprios membros do Tribunal, enquanto é anunciada sua condenação sem grau de recurso pela justiça Suíça. Foi descoberto seu vinculo ao Superfaturamento de multinacionais em energia e transporte, as mesmas envolvidas no caso atual de corrupção do mesmo governo do PSDB de São Paulo. A Assembleia Legislativa se mantém calada, submissa ao governador; o Ministério Publico e Justiça de SP não são cobrados a tomar providencias!Serão responsabilizados por esta grave omissão, que já perdura por duas décadas?Finalmente, o silencio ensurdecedor da grande mídia com relação à cerca de 3000 corpos enterrados como indigentes em SP, nos últimos 14 anos, – muitos portadores de carteira de identidade e, – com familiares não procurados.Caso similar ao processo de ocultação de 1049 cadáveres vitimas de esquadrão da morte e militantes políticos, nos cemitérios de Perus e Vila Formosa na década de 70. ??pocas de idêntica repressão exercida por governos, ontem nomeados em época de ditadura militar. Hoje, por ação ou omissão de poderes não totalmente independentes como reza a Constituição brasileira na Democracia. Isso não pode e não deve continuar…

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE