Dolar cai após subir bastante

Investidores aproveitaram a quarta-feira menos instável no exterior para embolsar parte dos lucros contabilizados com a recente escalada do dólar. 
O resultado foi a descida da moeda de uma máxima de R$ 3,4233 para um fechamento de R$ 3,3853. A queda foi de 0,75%, a mais intensa em duas semanas. Na mínima, o dólar foi a R$ 3,3753.
O dólar seguia em queda e perto da cotação mínima intraday por volta das 16h30 em um dia cheio de vetores para a queda da moeda. Segundo Pablo Spyer, da corretora Mirae, três fatores foram os principais para pressionar para baixo a divisa dos EUA ante o real. Em primeiro lugar, ele citou a entrevista do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, nesta manhã em que mencionou que o Brasil tem reservas internacionais suficientes para fazer frente à volatilidade do mercado em caso de necessidade. ???Houve quem interpretasse a fala do Ilan como uma ???intervenção verbal’???, afirmou um analista de uma grande gestora carioca.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE