Dirceu afirma que não desistirá de provar sua inocência

Após
receber a notícia da condenação, o ex-ministro da Casa Civil, José
Dirceu disse nesta segunda-feira que não desistirá de provar sua
inocência.
O petista acredita ter sido condenado com base em recursos
jurídicos “que violam abertamente nossa Constituição e o Estado
Democrático de Direito, como a teoria do domínio do fato, a condenação
sem ato de ofício, o desprezo à presunção de inocência e o abandono de
jurisprudência que beneficia os réus”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE