Dilma desiste de viajar para os EUA

A presidente Dilma Rousseff (PT) cancelou viagem aos Estados Unidos, programada para outubro. A medida foi tomada após denúncias de que os EUA espionaram dados de brasileiros, incluindo da presidenta. De acordo com nota oficial, “tendo em conta a proximidade da programada visita de Estado a Washington ??? e na ausência de tempestiva apuração do ocorrido, com as correspondentes explicações e o compromisso de cessar as atividades de interceptação ??? não estão dadas as condições para a realização da visita na data anteriormente acordada”.
LEIA MAIS – Obama liga pra Dilma
A nota ainda revela que a decisão foi tomada pelos dois presidentes – Dilma Rousseff e Barack Obama. “Dessa forma, os dois presidentes decidiram adiar a visita de Estado, pois os resultados desta visita não devem ficar condicionados a um tema cuja solução  satisfatória para o Brasil ainda não foi alcançada”, acrescentou a nota, entregue pelo porta-voz da Presidência, Thomas Traumann. Ontem, Barack Obama telefonou para Dilma e a conversa entre os dois presidentes durou vinte minutos.
“O governo brasileiro confia em que, uma vez resolvida a questão de maneira adequada, a visita de Estado ocorra no mais breve prazo possível, impulsionando a construção de nossa parceria estratégica e patamares ainda mais altos”, diz o texto.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE