Dilma ataca Temer e dá aumento no Bolsa Família

(Reuters) – A presidente Dilma Rousseff acusou, neste domingo, a oposição e o PMDB, partido que assume o comando do governo em caso de seu afastamento, de tramarem um “golpe contra as conquistas dos trabalhadores” e a terem impedido de lutar contra a crise econômica, o que foi rapidamente rebatido por Moreira Franco, um dos homens fortes do provável governo de Michel Temer.
Dilma aproveitou a fala no encontro organizado pela Central ??nica dos Trabalhadores, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, para anunciar reajustes para o programa Bolsa Família – em média de 9 por cento – e da tabela do Imposto de Renda, em cinco por cento. A presidente também garantiu que vai contratar, nas próximas semanas, mais 25 mil moradias no programa Minha Casa, Minha Vida.
“Eles ficam falando que o governo acabou. Eles fazem isso em uma tentativa de nos paralisar, mas o governo está fazendo sua parte”, afirmou a presidente antes de anunciar uma séria de medidas. Explicou, por exemplo, que o governo lançará na semana que vem o plano safra para a agricultura familiar e que proporá a licença paternidade de 20 dias para funcionários públicos.
Dilma mais uma vez classificou o processo de impeachment contra ela de golpe. “Quando se rompe a democracia se rompe para todos”, afirmou. “Mas eu quero também alertar que esse golpe não é só contra a democracia ou contra o meu mandato. Também é contra as conquistas dos trabalhadores”.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE