Edit

Diesel surpreende Matsubara e leva título do Futsal

Com apenas sete meses de “idade”, o E.S. Diesel está comemorando seu primeiro título no futebol de Nova Odessa. O clube, que carrega o nome de uma oficina mecânica e disputou seu primeiro torneio com uniforme emprestado, derrotou o multicampeão Esfer/Matsubara nos pênaltis, na última sexta-feira (5), e conquistou o Campeonato de Futsal Amador do município, um dos mais disputados da RMC (Região Metropolitana de Campinas).
Eletrizante. Essa é a palavra que melhor define a partida final entre Matsubara e Diesel, no Ginásio de Esportes ‘Jaime Nércio Duarte’, no Jardim Santa Rosa. Apesar do frio, o público compareceu em peso e transformou o palco da decisão numa grande panela de pressão.
O Matsubara saiu na frente e abriu 2 a 0 no primeiro tempo, dando a impressão de que confirmaria seu favoritismo. Na segunda etapa, porém, o Diesel pressionou o Laranja Mecânica desde os primeiros segundos e diminuiu no segundo minuto, com Zé Diogo. Quando o Diesel era melhor na partida, o Matsubara ampliou: 3 a 1. Na sequência, o time do Parque Klavin dominou o rival, marcou três gols e virou a partida. Diesel 4, Matsubara 3. Forte, a equipe do Jardim Eneides empatou e reassumiu o comando do marcador. 
Tudo caminhava para mais um título do poderoso Matsubara. No entanto, o Diesel ganhou um tiro direto após a marcação da sexta falta do Matsubara. Zé Diogo bateu e fez o terceiro dele na partida, o quinto do E.S. Diesel: 5 a 5. No final do jogo, o Matsura ainda teve a chance de devolver o gol de falta, mas o chute saiu à direita do goleiro Nepo, que não sabia, mas seria o grande herói do título.
Com a igualdade no marcador, a partida foi para as penalidades máximas. Foi aí que o camisa 1 do E.S. Diesel fez a diferença; pegou duas das três cobranças do Matsubara e levou o técnico Elton Santos, o Tatu, às lágrimas. Final: Diesel 2 a 1. Festa da torcida do E.S. Diesel, que mal nasceu e já sentiu o gosto do primeiro campeonato.
“Primeiro ano do time e já campeão. Esse título foi resultado de muita luta. O time foi guerreiro demais, mereceu esse campeonato”, desabafou emocionado o técnico, fundador, patrocinador e presidente da equipe, que perdeu apenas um jogo no torneio.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE