Diego vira réu em ação na Justiça

Foto de arquivo
do TodoDia- A Justiça de Americana aceitou denúncia de improbidade administrativa proposta pelo MPE (Ministério Público Estadual) contra o prefeito cassado Diego De Nadai (PTB) e o vereador Luciano Corrêa (PSD), que foi secretário de Educação na gestão de Diego. 
A ação aponta que, de acordo com denúncia feita pelo Conselho Municipal de Educação, sete funcionários lotados na Secretaria de Educação foram nomeados para cargos de provimento em confiança, porém continuavam a exercer as funções pertinentes aos cargos para os quais foram nomeados por concurso público.
Segundo a ação civil, do promotor Sergio Claro Buonamici, do Patrimônio Público, os funcionários afirmaram ao longo do inquérito civil que nunca exerceram as funções dos cargos públicos em comissão para os quais foram nomeados, apesar de terem plena ciência do recebimento das gratificações correspondentes.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE