Edit

Dicas para praticar corrida durante o verão

A corrida é uma atividade física que pode ser praticada em qualquer estação do ano. Mas, no verão, é preciso cuidado para que o corpo não sofra com as altas temperaturas. Existem algumas dicas que podem fazer com que esse momento de lazer se torne ainda mais prazeroso, mesmo nos dias mais quentes. Olha só!

A personal trainer, Fernanda Jabur, aconselha: “O ideal é correr em horários com baixas temperaturas, logo no início da manhã ou no final da tarde. O calor excessivo causa maior desgaste físico e pode levar ao hiperaquecimento corporal, causando queda de pressão e até desmaio”.
Atente-se:
· Procure correr em lugares ricos em área verde, onde a quantidade de oxigênio é maior;
· Use roupas feitas com tecidos leves, como o algodão, para não superaquecer o corpo;
· Passe sempre protetor solar;
· Use bons óculos de sol, que absorvem e refletem os raios solares durante a corrida;
· As altas temperaturas, além da perda de água, diminuem o nível de sódio do corpo, causando a câimbra, por isso, hidrate-se.
Mesmo no calor, a prática do aquecimento é essencial e ajuda diminuir o risco de lesões. “Para uma corrida, o melhor jeito de se aquecer, é correndo. Mas, de um modo suave, intercalando com a caminhada por um período de 10 minutos”, orienta a profissional.
Alimentação
No que se refere à alimentação, os cuidados são ainda mais importantes. A nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, dá dicas para o que fazer antes, durante e depois da atividade.
Evite:· Comer algo pela primeira vez ou de lugares não confiáveis antes da corrida;
· Laticínios, que podem causar desconforto gástrico em muitas pessoas na hora da corrida;
· Bebidas alcoólicas;
· Beber água demais durante a atividade, isso pode trazer desconfortos gástricos.
Antes da corrida, prefira:Pães: São ótima fonte de carboidrato e possuem fácil digestão;
Tubérculos: Batata doce, mandioca, mandioquinha, batata inglesa. Assim como o pão, são opções de fácil digestão;
Oleaginosas: As castanhas, nozes, amêndoas, avelãs, são boas opções para quem já tem o hábito de consumi-las;
Massas: São boas opções quando a corrida é noturna ou para ingerirmos no dia anterior à corrida.
“Para o reparo do tecido muscular, após a corrida, ovos, carnes, queijos, frutas, verduras e legumes também podem ser incluídos. Além de leves, são excelentes fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes, importantes para a recuperação do organismo”, aconselha a nutricionista.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE