Dez dicas para reduzir glaucoma

???O glaucoma é uma das principais causas de perda de visão em todo o mundo, afetando quase 60 milhões de pessoas. Há tratamento pode retardar sua progressão, mas não há cura. Anteriormente, se pensava que o estilo de vida não desempenhasse um papel tão relevante na prevenção do glaucoma, mas vários estudos recentes mostram que os fatores de estilo de vida podem influenciar a pressão ocular, que é um importante fator de risco para a doença???, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.
A Academia Americana de Oftalmologia listou hábitos que podem ajudar a minimizar o risco de perda de visão provocada pelo glaucoma. Confira:
01) Exercite-se regularmente: um estudo recente mostrou que as pessoas que praticam atividade física, de forma moderada a vigorosa, parecem ter um risco 73% menor de desenvolver glaucoma. ???Isso ocorre porque o fluxo sanguíneo e a pressão dentro do olho podem mudar com o exercício, o que pode afetar o risco de glaucoma???, explica a especialista em glaucoma do IMO, a oftalmologista Márcia Lucia Marques;
02) Adote uma dieta rica em frutas e vegetais, especialmente folhas verdes e frondosas: um estudo mostrou que as pessoas que comem mais vegetais com folhas verdes têm cerca de 20-30% menos risco de desenvolver glaucoma. Por quê? ???Os nitratos presentes nos vegetais verdes podem ser convertidos em óxido nítrico, o que pode melhorar o fluxo sanguíneo e ajudar a regular a pressão dentro do olho???, explica a médica;
03) Beba café com moderação: melhor ainda, tome chá em vez de café. Um estudo mostrou que as pessoas que consumiam pelo menos uma xícara de chá quente diariamente tinham 74% menos probabilidades de desenvolver glaucoma em comparação com aqueles que não consumiram chá quente. Um pouco de café é bom, mas a ingestão excessiva de cafeína não é. ???Um estudo descobriu que beber 5 ou mais xícaras de café aumentou o risco de desenvolver glaucoma. Como o chá pode ajudar? Os antioxidantes e os flavonoides contidos no chá podem melhorar a capacidade do corpo de evitar os efeitos nocivos dos radicais livres???, afirma Marcia Marques;
04) Considere tomar um suplemento de magnésio: estudos sugerem que uma ingestão adequada de magnésio na dieta pode ser benéfica para pacientes com glaucoma. Por quê? O magnésio melhora a circulação e parece ter um efeito benéfico na visão dos pacientes com glaucoma;
05) Escove os dentes, use fio dental e visite o dentista regularmente: um estudo recente mostrou que a perda dentária pode estar ligada ao aumento do risco de glaucoma. ???Isso ocorre porque a doença periodontal pode desencadear uma resposta inflamatória que pode contribuir para o desenvolvimento do glaucoma???, diz a oftalmologista;
06) Não fume: estudos indicam que fumar aumenta o risco de glaucoma e tem um impacto negativo global sobre a saúde ocular;
07) Mantenha um peso corporal saudável: estudos mostram que pessoas com maior índice de massa corporal (IMC) estão em maior risco de diabetes e o diabetes coloca as pessoas em risco de desenvolver glaucoma. ???Ter um IMC muito baixo também está associado ao aumento do risco de glaucoma???, observa Marcia Marques;
08) Evite posturas invertidas em ioga:  estudos mostram que as posições de cabeça para baixo podem aumentar a pressão dos olhos e não são recomendadas para pacientes com glaucoma. Há muitos exercícios de ioga que não têm esse efeito;
09) Evite gravatas:  pesquisadores dizem que  gravatas muito apertadas podem aumentar o risco de glaucoma, aumentando a pressão arterial dentro dos olhos;
10) Faça exames oftalmológicos regulares, especialmente se você tiver um histórico familiar de glaucoma: pesquisadores identificaram recentemente certos genes que aumentam o risco de glaucoma. ???As pessoas com maior risco de glaucoma  são pessoas de ascendência africana, pessoas com diabetes e pessoas com antecedentes familiares de glaucoma. Você também apresenta  um risco maior se tem um pai ou irmão/ irmã com glaucoma???, diz a médica. Muito pacientes dizem que se sentem impotentes contra uma doença como o glaucoma. ???Ao oferecer informações sobre como o estilo de vida pode influir na doença, esperamos poder capacitá-los a melhorar sua qualidade de vida imediatamente. Como não há dados clínicos suficientes para fazer recomendações gerais sobre fatores de estilo de vida, o paciente deve discutir com seu oftalmologista quais as mudanças específicas que podem ser apropriadas para cada caso???, explica a especialista em glaucoma do IMO, a oftalmologista Márcia Lucia Marques.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE