Edit

Desenvolve SP lança nova linha de crédito

A Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP) lançou na sede da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), em São Paulo, uma nova linha de crédito para financiar empresas que tenham interesse em elaborar estudos e projetos que possam resultar em obras de infraestrutura nos Municípios do Estado. O objetivo é apoiar estudos voltados a áreas sensíveis, como mobilidade urbana, tratamento de resíduos sólidos, saneamento básico e iluminação pública, para promover o crescimento da economia, a competitividade entre as empresas e a qualidade de vida da população.

Atualmente, a ausência de projetos de boa qualidade que atraiam investidores privados é um dos principais problemas enfrentados no setor de infraestrutura. Com a nova linha de crédito, a Desenvolve SP espera atuar para melhorar essa realidade, já que, na maioria dos casos, a escassez desses projetos está relacionada a restrições técnicas e financeiras do setor público na preparação de estudos necessários para licitar, por exemplo, PPPs e concessões.
 ???Nosso objetivo é viabilizar aos municípios a possibilidade de realizarem projetos de infraestrutura de qualidade que atendam as necessidades da população. Para isso, financiaremos a elaboração de estudos técnicos de empresas que estejam interessadas em avançar nesse tema e, assim, possam atuar em parceria com o setor público para propor soluções realmente eficazes que gerem o desenvolvimento das cidades paulistas???, explica Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.
Chamada de Linha de Financiamento para Estudos em Projetos de Infraestrutura, a modalidade de crédito é destinada a pessoas jurídicas de direito privado, com faturamento anual de até 300 milhões, interessadas em desenvolver projetos nos moldes do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – Decreto Estadual nº 61.37.
Condições
O limite dos empréstimos será de até R$ 1 milhão por projeto. Os recursos poderão ser utilizados para contratar pesquisadores, especialistas e consultores, comprar softwares, bancos de dados, serviços e equipamentos especializados, a participação em congressos e seminários, entre outros itens.
A linha de crédito terá taxa de juros de 8,5% ao ano, atualizada pelo IPCA, com prazo para pagamento de até 36 meses (três anos), incluída carência de até 12 meses (um ano). Para compor as garantias exigidas, as empresas poderão utilizar o FDA ??? Fundo de Aval do Governo do Estado.
Para obter o financiamento, as empresas deverão apresentar, obrigatoriamente, uma declaração do chefe do poder executivo que ateste que o projeto é de interesse do Município e tem prioridade no âmbito da administração pública. Os estudos a serem realizados deverão ter prévia autorização tanto do Município como da Desenvolve SP.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE