Deputados vão ganhar Corolla

Estadão SP- Dois anos depois de ter feito a última renovação da sua frota de veículos, a Assembleia Legislativa de São Paulo vai comprar 150 carros para uso dos deputados estaduais e de diretores da Casa. O edital de licitação, publicado nesta sexta-feira, 11, no Diário Oficial, tem especificações técnicas que mostram tratar-se de uma licitação dirigida: apenas um modelo de veículo tem as características mínimas exigidas pelo Legislativo. A Assembleia nega que a concorrência seja dirigida.

O carro que os deputados pretendem adquirir é o Corolla, da Toyota. O Estado apurou que os parlamentares o preferem aos atuais Vectra, da General Motors. Era, aliás, composta por Corolla a frota de que a Assembleia dispunha antes dos Vectra. O modelo que a Casa pretende adquirir custa atualmente R$ 72,5 mil pela tabela Fipe, referência no mercado de carros. Cento e cinquenta Corolla custariam R$ 11 milhões, mas a atual frota, avaliada por um perito em R$ 4,7 milhões, será usada como parte do pagamento, o que faria a Assembleia gastar R$ 6,3 milhões com a renovação. Por se tratar de uma compra muito grande, o valor deverá ser em torno de 10% menor.

Outros veículos que concorrem no mercado com os Corolla estão impedidos de participar da licitação por especificidades técnicas do edital, que exige que seja um ???Sedan médio???, com ano de fabricação 2013 e modelo 2013, de ???comprimento médio igual ou superior a 4,5 metros???, ???motor 2.0 de 4 cilindros, 16 válvulas, com potência igual ou superior a 150 cavalos???, injeção eletrônica, câmbio automático, biocombustível, com airbag duplo dianteiro e airbags laterais dianteiros, direção assistida e ar condicionado digital, entre outros.

O Civic, da Honda, por exemplo, não tem os 4,5 metros de comprimento que a Assembleia pede. Os carros da Chevrolet não possuem motor 2.0, e igualmente não podem participar do certame licitatório.
 
Dois concorrentes do Corolla, mais baratos até do que ele, atendem a todas as especificações, menos uma: ???rodas com aros de liga leve calçadas com pneu de perfil igual ou superior a 50???. O Peugeot 408 e o C4 Pallas, da Citroën, têm pneus um pouco mais baixos, com perfil 45. Por causa da exigência, que a Assembleia justifica afirmando que os pneus perfil 45 são ???menos seguros???, nenhum dos dois pode participar da licitação.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE