Dengue: Saúde tenta conscientizar criançada

Agentes de controle de vetores, da Secretaria de Saúde de Americana, iniciaram ontem (12) a Semana de Mobilização contra a Dengue nas Escolas, que atingirá 43. 256 alunos de instituições municipais, estaduais e particulares.
 Durante a atividade, os professores recebem material de apoio que os ajudará a trabalhar a temática da dengue em sala de aula com o objetivo de atingir o maior número de alunos ao mesmo tempo. O trabalho nas escolas tem caspacidade de atingir muitas pessoas, uma vez que os alunos podem agir como agentes multiplicadores ao comentar sobre o assunto junto às suas famílias. “O trabalho de conscientização é de suma importância para combater a proliferação do aedes aegypti. Com informações corretas, é possível diminuir o número de criadouros do mosquito e impedir que as pessoas sejam picadas e contaminadas”, afirmou o secretário de Saúde, Fabrizio Bordon. Ontem, dia 12, houve também um trabalho de conscientização envolvendo as imobiliárias da cidade. Uma reunião foi realizada na Associação Comercial e Industrial de Americana (ACIA) com 15 corretores de imóveis, com o intuito de capacitá-los para que desenvolvam um olhar crítico e observem se há criadouros do mosquito da dengue nos imóveis que visitam. A Secretaria de Saúde vem desenvolvendo várias atividades para combater o mosquito da dengue. Uma equipe de 100 servidores trabalha nos programas de controle com visitas domiciliares e orientações educativas nos bairros, escolas e outras instituições. O horário das equipes foi, inclusive, estendido, e os agentes estão atuando nas ruas até às 19 horas. Foram realizadas, ainda, nebulizações diurnas e noturnas em vários bairros da cidade, e o Comitê Municipal de Mobilização contra a Dengue foi reativado. Na semana passada, a Prefeitura ajuizou uma ação em que pede autorização da Justiça para entrar em imóveis abandonados, bem como naqueles em que os agentes foram impedidos pelos próprios moradores. A Administração Municipal aguarda, no momento, uma manifestação do Judiciário.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE