Demolicar Sumaré deve reunir 30 mil

Superando as expectativas dos anos anteriores, a 27ª edição do Demolicar deve reunir um grande público. De acordo com os organizadores do maior evento de destruição de carros do Brasil, cerca de 30 mil pessoas devem passar pelo recinto do Demolicar, durante os dias 25, 26 e 27 de setembro. O evento acontece na Avenida Ivo Trevisan, no Jardim João Paulo II, em Sumaré e deve contar com 120 competidores.
“O Demolicar é diferente de qualquer outro evento esportivo. Conseguimos atrair um público fiel, movido pela paixão dos motores e claro, da expectativa de ver um carro sendo destruído na arena. ?? uma loucura muito divertida. Fazemos um espetáculo que deixa as pessoas ansiosas e este ano promete emoção até o fim”, explica Claudio Meskan, organizador do evento.
A programação começa na sexta-feira, dia 25, com o show do cantor gospel Fernandinho. ??s 13h do sábado (26), os motores esquentam para as provas cronometradas. Na sequência, o recinto será tomado por uma exposição de carros tunados, por um campeonato de som automotivo e pelo encontro de fuscas. O campeonato de destruição começa às 20h, com as primeiras baterias. De acordo com o regulamento, permanece na disputa o carro que “sobreviver” às pancadas. O sábado ainda reserva espaço para o show da Banda Malta, grupo vencedor do programa SuperStar da Rede Globo.
O domingo da família começa pela manhã, com uma nova exposição de tunning, rebaixados e carros antigos. Depois do almoço, o Demolicar inicia sua fase final. “Esperamos um bom público para cada um dos três dias. As atrações são bem variadas”, comenta Meskan. O domingo ainda promete apresentações de Gene Fireball, o motoqueiro maluco e do BigFoot, o carro com rodas gigantes.
ESTRUTURA- O Demolicar 2015 é um evento de grande porte movido pela emoção e adrenalina de seu público. Para trazer comodidade a todos os visitantes, o evento vai contar com mil vagas de estacionamento, 60 banheiros químicos, 50 barracas na praça de alimentação, arquibancadas com capacidade para dez mil pessoas sentadas e camarote para outras mil pessoas.
Para o conforto do público e dos pilotos, o evento deve contar com mais de 200 colaboradores, além de 50 brigadistas, 100 seguranças e duas equipes médicas compostas por médicos, enfermeiros e uma UTI móvel. Parte da bilheteria do Demolicar 2015 será revertida para a compra de duas próteses para um morador da cidade, que perdeu os dois braços num acidente com fios de alta tensão. A meta é arrecadar R$ 90 mil em prol do empilhador Cícero José da Silva, de 36 anos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE