De olho no futuro do agronegócio

A recém lançada unidade de negócios da Fundepag, a Conexão.f – incubadora de conhecimento da instituição – já começou com o pé direito. Lançada durante o InovaAgro, que aconteceu em Campinas nos dias 30 e 31 de outubro, somou ao longo dos dois dias mais de 100 contatos, dentre eles inclusive empresas internacionais de Israel, França, Peru, África do Sul, Estados Unidos e Itália.
A expectativa da Fundepag é que após este primeiro contato, a Conexão.f. consiga receber ao longo de um ano 10 projetos distintos. ???Já temos dois bem encaminhados???, adianta Álvaro Duarte, presidente da Fundepag.
Além do lançamento da Conexão.f, a Fundepag realizou, durante o evento, uma série de palestras que tinham como propósito estimular a inovação, abordando temas como fortalecimento do ecossistema dos hubs e polos, investimentos e a escala internacional das Agtechs brasileiras, rastreabilidade de alimentos, conexão de rede para o campo, tecnologias da agroindústria, além de apresentação de cases de sucesso. ???O volume de conhecimento gerado neste local foi grande, principalmente para desenvolver novos projetos e aplicações???, declara Duarte.
A Fundepag ainda recebeu em sua área de exposição, startups e instituições com o intuito de conectá-las a possíveis investidores e parceiros de negócios, caso da Maria Cristina, idealizadora da Noviga, empresa que desenvolve ingredientes inovadores para a indústria de alimentos. ???Foi uma ótima oportunidade de expor nossos diferenciais e ampliar relacionamento com possíveis parceiros e fornecedores para o próximo passo do nosso negócio???.
Já Luis Eduardo Brunelli dos Santos, fundador da Four Agri – startup especializada em gestão de risco para o agronegócio -, destaca a importância de ter conhecido e se conectado com pessoas de outros áreas e trocar conhecimento. ???Percebi que nosso negócio pode ser ampliado e ser incluído em outras áreas???, avalia.
E o Zoológico de São Paulo também comemorou a parceria com a Fundepag e a oportunidade de expor seus projetos para o público do evento. Segundo Patrícia Locosque Ramos, chefe do departamento de pesquisas aplicadas do Zoológico, conhecer novas empresas foi muito importante para viabilizar parcerias para a instituição. ???Temos vários projetos especiais que necessitam de auxílio, como a reprodução em cativeiro de espécies ameaçadas de extinção, e estar aqui divulgando nosso trabalho é bastante positivo???, destaca Patrícia.
Partindo das necessidades e tendências globais, a Conexão.f atuará com foco em agro 4.0 e sistemas sustentáveis. A incubadora de conhecimento tem acesso a mais de 600 pesquisadores ligados ao agronegócio e ao meio ambiente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE