DAE SB explica aumentos de ligação

Na tarde desta terça feira, o DAE de Santa Bárbara d’Oeste convocou a imprensa para esclarecer os aumentos aparentemente abusivos dos preços dos serviços públicos – não as tarifas mensais – divulgados recentemente pela autarquia.

Apesar do susto com os valores, tudo está regular. Segundo o diretor-superintendente, Roberto Corlatti, não são feitos reajustes há três anos e até antes disso, o que não soube – ou não quis – dizer o motivo, “o que aconteceu no passado não vem ao caso agora”, disse.
A explicação é que os preços estavam bastante defasados e fora do valor de mercado. Corlatti ainda disse que o aumento deveria ter sido aplicado no começo de 2013, mas por questões técnicas não aconteceu. 

A análise dos preços e dos serviços prestados, foi feita pelo consórcio ARES PCJ – agência reguladora que cuida de mais 37 municípios – por um pedido feito ao agente regulamentador em 2012. A ARES PCJ afirmou que o aumento está coerente com os preços do mercado e que nada está sendo cobrado além do devido.

O estresse da situação, além do susto, é a não publicação da ação na imprensa para a população. A situação foi publicada no Diário Oficial. 

POLÍTICA – Há quem diga que o movimento é político. Vereadores que abraçaram a causa e fizeram uma moção de repúdio a situação, querem levar o caso ao Ministério Público. Neste sábado, será realizado um movimento contra os reajustes. Segundo Corlatti, nenhum vereador procurou o DAE para esclarecimentos.

LEIA TAMB??M – Grupo promete manifestar contra aumento no DAE

AMERICANA – Apesar do reajuste aplicado, o valor de alguns serviços ainda são menores que os da vizinha.

Agora, os novos reajustes serão anuais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE