Dados sobre autismos serão inclusos no Censo

Foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (19) a sanção do presidente Jair Bolsonaro que inclui no Censo do IBGE dados sobre a população autista do país. A sanção modifica a lei 7853, de 24 de outubro de 1989. A legislação vigente até então não incluía dados oficias sobre as pessoas que têm a doença no Brasil.
A reivindicação de grupos que defendem crianças com a doença é de que não há estudos sobre a incidência de casos no país, o que segundo eles, dificulta o planejamento e execução de políticas públicas voltadas para essa parcela da população.
A sanção foi assinada pelo presidente nesta quinta (18), junto ao apresentador de televisão Marcos Mion, que tem um filho com autismo e é ativo nas questões ligadas á causa. A primeira dama, Michelle Bolsonaro, também acompanhou o momento da sanção. Em uma postagem no Instagram, o apresentador fez questão de destacar que a sanção não seria possível sem a ajuda da primeira dama.
Antes da assinatura, um grupo de manifestantes cobravam a decisão de Bolsonaro na entrada do Palácio da Alvorada. A expectativa antes da sanção, é de que a proposta fosse vetada pelo presidente, isso porque Bolsonaro havia postado em seu Twitter na última sexta-feira (12), um vídeo da presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, se posicionando contrária a decisão. Segundo Susana, o Censo não tem critérios definidos para fazer o levantamento com precisão. Ela ainda defendia que os dados e questionamentos sobre os portadores da doença deveriam ser incluídos na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio.
AG??NCIA RÁDIO

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE