D Trindade e J Ramos defendem Diego após condenação

Ex assessores da prefeitura de Americana quando Diego De Nadai- 2009-2014 governou a cidade, Douglas Trindade e Jorge Ramos saíram em defesa do ex-chefe nas redes sociais esta semana. Diego foi condenado foi condenado à prisão em regime semiaberto. A acusação é que ele autorizou despesas sem previsão orçamentária. 
A 11ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo acolheu parcialmente um recurso do Ministério Público e alterou o regime prisional imposto a Nadai (sem partido), condenado a quatro anos e quatro meses de prisão por ter assumido obrigações sem condições de honrá-las no último ano de seu mandato.
Por unanimidade, os desembargadores cancelaram a substituição da pena por restritivas de direitos, conforme decisão de primeira instância, e fixaram o regime inicial semiaberto. Além disso, o TJ-SP determinou que seja expedido mandado de prisão contra o ex-prefeito assim que vencer o prazo para embargos de declaração.

FALA DIEGO- “Enquanto alguns são condenados por corrupção, enriquecimento ilícito e roubo de dinheiro público .. eu estou sendo condenado por investir em saúde mais do que a lei permitia, por ter priorizado pagar salário de servidor e também a alimentação das crianças, isso é um tremendo absurdo!
Tô indignado, mas se for esse o preço a ser pago para ter médicos 24 hs atendendo as crianças, mães e pais de família nos postinhos da cidade , pago esse preço de cabeça erguida pois fiz pra melhorar a vida das pessoas e não a minha!”
FALA O ADVOGADO- Dr Paulo Sarmento.??? Diego foi injustiçado! Nós juntamos documentos que provavam que não houve qualquer crime mas o Tribunal nem os analisou. Na verdade, ele foi condenado por investir em saúde, educação e saneamento, e iremos provar sua inocência com os recursos ao STJ e STF, onde temos a certeza da reforma dessa decisão.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE