Cruz Vermelha faz curso para voluntários

A instituição que é reconhecidamente a maior entidade humanitária do mundo, com atuação em tempos de guerra e paz, recebeu neste sábado (23) treze novos voluntários.

“Tudo o que fazemos através da Cruz Vermelha só é possível porque conseguimos reunir pessoas que amam e pensam em outras pessoas”. – frisou Francisco Antonio da Silva, diretor de voluntariado da instituição.
A Cruz Vermelha Brasileira de Americana reúne, com esta nova turma, 30 voluntários que na manhã de hoje conheceram melhor a instituição, seu trabalho no mundo, no Brasil e em Americana.  O perfil dos voluntários é bem diverso, predominantemente são mulheres com idades que variam de 16 a 70 anos, possuem formação segundo grau e em alguns casos doutoramento mas, em todos eles há o forte desejo de tornar o mundo em um lugar melhor e justo para viver-se.
“Após cada ação que realizamos, vem sempre um sentimento de felicidade por sabermos que ajudamos a transformar a vida daquelas pessoas e da comunidade.  O exemplo que deixamos sobre o humanitarismo multiplica entre as pessoas de boa vontade e estas transformam as comunidades onde vivem”, lembrou Francisco.  “O maior patrimônio que a Cruz Vermelha possui está nas pessoas – tantos naquelas que transformamos suas vidas, quanto naquelas que nos ajudam a transformar”, destacou o presidente da instituição, Sérgio Libório.
A instituição que desde 1907 está presente em solo brasileiro, conta com mais de 10.000 voluntários em todo país e está em pleno desenvolvimento na cidade de Americana.  Maiores informações para torna-se voluntário da Cruz Vermelha você pode encontrar no site da instituição: www.cvbamericana.com.br

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE