Cristina põe barracos abaixo em Sumaré

A Prefeitura de Sumaré iniciou a demolição de cerca de 146 barracos construídos às margens do Ribeirão Quilombo no Jardim Basilicata, região do Picerno, nesta quarta-feira, 23 de outubro. Serão realizadas cerca de 30 demolições por dia. A área, historicamente, sofre com enchentes constantes.

A grande maioria das famílias que viviam nestas moradias foi removida para o Residencial Emílio Bosco, viabilizado pelo Programa ???Minha Casa, Minha Vida???, do Governo Federal. O restante, que ainda não foi contemplado por unidades habitacionais, está sendo incluído no Programa Auxílio-Moradia, pago pela Prefeitura.

Após a demolição de todas as 146 casas construídas de maneira ilegal no bairro, o entulho das construções será recolhido pela Secretaria de Serviços Públicos e a área será cercada para evitar que novas invasões ocorram no local. Ainda de acordo com a Secretaria de Habitação, novas demolições de moradias precárias estão previstas para ocorrerem nos jardins Vitória, Conceição e Alvorada e no Parque Franceschini. A pasta está finalizando o cronograma para derrubada dos barracos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE