Criança tem delírios após ingerir ‘balinha’

Uma criança de 10 anos foi atendida na madrugada de ontem na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Matão, após apresentar delírios por supostamente ter sido obrigada por um adolescente a ingerir dois comprimidos de LSD. Segundo a família, o caso ocorreu na tarde de anteontem, na saída de uma escola de Sumaré. A direção da escola informou que outro aluno, também de 10 anos, é que teria oferecido uma balinha para o garoto. De acordo, com o médico que atendeu o garoto, ele realmente apresentava alucinações, mas não tinha como comprovar que se realmente se tratava de ingestão de LSD.

De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), a mãe do garoto o levou à UPA do Matão porque o filho teria sido obrigado a ingerir dois comprimidos de LSD, por um adolescente sem idade especificada, que seria ex-aluno da mesma escola. Ainda de acordo com o registro policial, “responsáveis do estabelecimento de ensino tomaram conhecimento do ocorrido sendo que a mãe da criança só tomou conhecimento dos fatos quando a criança chegou em sua residência”.
A Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Sumaré informou que a direção da escola “afirmou que um dos alunos da unidade, de 10 anos e que ingressou recentemente na instituição de ensino vindo de outra cidade, teria oferecido essa ‘balinha’ a outro menino, também de 10 anos”. A prefeitura também afirmou que “isso teria ocorrido na saída da escola, no fim da tarde de ontem (anteontem)”, mas não soube especificar se o fato ocorreu dentro da instituição de ensino ou não. (TodoDia)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE