Cresce intenção de consumo das famílias

As famílias na cidade de São Paulo estavam mais propensas a consumir em outubro, segundo o índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). O indicador atingiu 125,3 pontos, uma alta de 1,2% em relação a setembro, apresentando a segunda elevação mensal consecutiva. No entanto, em relação a outubro de 2012, houve redução de 10,4%.

Para a FecomercioSP, a elevação do mês confirma a retomada da tendência positiva do indicador e o resultado melhora as expectativas quanto à satisfação do paulistano para as compras de Natal. No mês, quatro dos sete itens que compõem o índice aumentaram em relação a setembro, com destaque para perspectiva profissional (137,4 pontos) e perspectiva de consumo (123,5 pontos), que subiram igualmente 6,2%. Já o quesito renda atual (141,5 pontos) teve alta de 2,4% e acesso ao crédito (140,7 pontos) de 0,2%. 
O item momento para duráveis teve queda de 4% (115,5 pontos), emprego atual recuou 2,8% (124,7 pontos) e o nível de consumo atual ficou próximo da estabilidade, com retração de 0,2% (94,2 pontos).
Na análise por faixa de renda, pelo sexto mês seguido, as famílias com renda inferior a dez salários mínimos estão mais satisfeitas do que as que ganham acima deste valor, registrando, respectivamente, 127 pontos e 120,6 pontos.
Na comparação com outubro de 2012, todos os itens apresentaram retração. Destaques para momento para duráveis (-21,1%), nível de consumo atual (-16,7%) e emprego atual (-10,6%). 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE