Cremesp alerta para riscos de notícias falsas sobre vacinação

A edição número 85 da Revista Ser Médico acaba de ser lançada e destaca os avanços da ciência na produção de vacinas. O conteúdo aborda seu surgimento no Brasil e no Mundo, numa grande linha do tempo e traça o cenário atual, com os desafios da imunização e a cobertura vacinal. A reportagem alerta também para os riscos que as fake news sobre as vacinas podem causar à população.

Para o dr. Edoardo Vattimo, coordenador de Comunicação do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), a adesão de instituições e dos profissionais da saúde no combate às fake news é essencial e uma importante arma para combater a queda nos índices de cobertura vacinal.

“O combate às fake news deve ser rápido e dinâmico, como as redes sociais. Todos os profissionais de saúde podem ajudar, rebatendo boatos e notícias falsas com esclarecimentos sobre o assunto sempre que identificarem uma fake news”, comenta o dr. Edoardo na publicação.

Para evitar as notícias falsas que circulam entre aplicativos de mensagens e redes sociais, o Ministério da Saúde também disponibiliza um número de whatsapp para denúncias, que podem ser enviadas gratuitamente. O número 61 99289-4640 checa a veracidade da informação e, com isso, o cidadão pode confirmar se a informação é verdadeira ou não antes de compartilhá-la.

A Revista Ser Médico é uma publicação trimestral do Cremesp, distribuída para mais de 140 mil médicos do Estado de São Paulo.

Para saber mais e ler as reportagens na íntegra, acesse também a revista Ser Médico: http://www.cremesp.org.br/library/modulos/flipbook/revista/85/index.html

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE