CPFL reconhecida pela ONU por programa em hospitais

Campinas, 02 de julho de 2021. O programa CPFL nos Hospitais, da CPFL Energia, foi reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um exemplo de boa prática ligada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A iniciativa foi escolhida por ajudar instituições públicas e filantrópicas a reduzir seus custos de energia permitindo que os valores economizados sejam usados nas despesas da própria instituição de saúde.

O reconhecimento se deve à integração dos indicadores ambientais, sociais e econômicos gerados pelo CPFL nos Hospitais, que contribuem diretamente para os ODS:

  • Objetivo 3: Garantir vidas saudáveis e promover o bem-estar para todos em todas as idades;
  • Objetivo 7: Garantir a distribuição de energia acessível, confiável, sustentável e moderna para todos;
  • Objetivo 9: Construir uma infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação;
  • Objetivo 11: Tornar as cidades e assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis;
  • Objetivo 12: Garantir padrões de consumo e produção sustentáveis;
  • Objetivo 13: Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e seus impactos;
  • Objetivo 17: Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Resultados. Até o final de 2020, o programa CPFL nos Hospitais contribuiu com 84 instituições públicas localizadas nas regiões Sudeste e Sul do Brasil. Outros 115 projetos estão em andamento e 109 em processo de formatação. Os resultados mais relevantes relacionados à implantação do ODS, foram:

  • 5.550 kWp de capacidade instalada de sistemas fotovoltaicos;
  • 55.830 lâmpadas substituídas por LEDs;
  • R$ 6,37 milhões ao ano em economia estimada pela redução do consumo de energia;
  • 13,6 GWh ao ano em geração de energia solar esperada suficiente para abastecer 5.769 residências;
  • 1.027 tCO2 de emissões evitadas, equivalentes ao plantio de mais de 6.159 árvores;

O valor investido entre o início do programa, em 2019, e dezembro de 2020, foi de R$ 72,2 milhões. Além disso, a CPFL investiu cerca de R$ 8 milhões em ações de melhorias de infraestrutura e humanização hospitalar, beneficiando 340 mil pessoas. Por meio da conta de energia, R$ 4,2 milhões foram doados por clientes das distribuidoras do grupo a 105 hospitais.

Pandemia. A pandemia da Covid-19 aumentou a importância do projeto, que integra iniciativas de eficiência energética e investimento social privado para impulsionar a melhoria do serviço prestado pelas instituições públicas de saúde, essenciais para a qualidade de vida da população local. A expectativa é que as ações permitam às instituições de saúde economizar cerca de R$ 18 milhões ao ano com a redução da conta de energia, valor suficiente para custear o atendimento médico de mais 75 mil pacientes por ano. No longo prazo, representado pela vida útil de 20 anos dos painéis solares, a economia com contas de energia mais baixas poderia ajudar a fornecer tratamento para mais de 1,5 milhão de pessoas.

Em 2020, o Instituto CPFL investiu R$ 7,3 milhões em melhorias de infraestrutura e iniciativas de humanização hospitalar, destinou R$ 750 mil para ações de combate ao COVID-19 no público idoso, além da doação de cerca de 6 milhões com recursos próprios da CPFL.

CPFL nos Hospitais. O programa conta com três frentes de trabalho: ações de eficiência energética, investimento na melhoria dos hospitais e um programa de doação em conta de energia para hospitais. O primeiro pilar de eficiência energética conta com investimento de até R$ 150 milhões nas quatro distribuidoras do Grupo CPFL – CPFL Paulista, CPFL Piratininga, CPFL Santa Cruz e RGE – e atenderá até 300 hospitais. Ao final do Programa é esperado que os hospitais economizem aproximadamente R$ 18 milhões por ano em suas contas de energia.

O segundo pilar desse Programa dará continuidade a uma iniciativa conduzida pelo Instituto CPFL. Por meio do PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) e dos Conselhos Municipais do Idoso (CMI), o Instituto CPFL vem investindo na melhoria nas condições dos hospitais. O objetivo deste pilar é ampliar a oferta de serviços e expandir a prestação de serviços médico-assistenciais, apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de recursos humanos em todos os níveis, e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.

Desde 2018, estão em andamento investimentos que somam R$ 4,8 milhões e incluem melhorias nos hospitais do Instituto do Câncer (Fortaleza – CE), Hospital Fornecedores Cana Piracicaba (SP), Hospital Infantil Varela Santiago (Natal – RN), Hospital de Caxias do Sul (RS), Hospital do Câncer de Barretos (SP) e Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi de Veranópolis (RS).

O terceiro pilar do Programa CPFL nos Hospitais permite aos clientes realizar doações para os hospitais por meio da conta de energia. Isso aumenta a arrecadação dos hospitais e Santas Casas, permitindo investimentos na melhoria das condições de atendimento. A CPFL Total – empresa do Grupo CPFL Energia – oferece esse serviço para 94 hospitais nos estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Essa iniciativa de doação arrecada, em média, R$ 3,7 milhões por ano, recursos que auxiliam a gestão diária dos hospitais participantes. O objetivo é expandir essa iniciativa em 2020.

Sobre a CPFL Energia. A CPFL Energia, há 108 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a terceira maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Focada em uma forma mais sustentável de produzir energia, tem na CPFL Renováveis a maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas, com um portfólio baseado em fontes limpas como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Em geração é a terceira maior agente privada do País, com capacidade instalada de 4.303 MW.

Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE