CPFL reclama que tem mais gente no GATO

A CPFL Paulista, distribuidora do Grupo CPFL Energia que atende 4,49 milhões de clientes em 234 municípios no Estado de São Paulo, intensificou a fiscalização contra fraudes e furtos de energia em Campinas e cidades da região. Na comparação entre o ano de 2018 ante o de 2017, a concessionária registrou um crescimento de 35,7% no número de irregularidades identificadas, passando de 18.844 para 25.581 casos. A cidade de Campinas foi a que registrou o maior número de irregularidades identificadas, alcançando a marca de 17.691 ocorrências. Em segundo lugar ficou Piracicaba com 2.938 ocorrências, seguida por Hortolândia, com 1.558 casos (ver tabela abaixo).   No ano de 2018, considerando as cidades de Campinas, Americana, Hortolândia, Itatiba, Monte Mor, Nova Odessa, Piracicaba, Santa Bárbara, Sumaré, Paulínia e Valinhos, a CPFL Paulista conseguiu recuperar um volume de 61.394 MWh de energia furtada. Isso seria suficiente para abastecer 33.943 famílias compostas por até quatro pessoas pelo período de um ano, o que equivale ao consumo de uma cidade do porte de Amparo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE