CP ouve Andia esta terça

A Comissão Processante (CP), aprovada no último dia 3 de fevereiro, na Câmara barbarense deve ouvir esta manhã o prefeito Denis Andia (PV) e/ou o seu advogado. Segundo denúncia protocolada pelo advogado e ex-assessor do ex-prefeito Mário Heins (SD) Marco Antonio Pizzolato, o prefeito teria cometido infração político-administrativa, afrontando o artigo 7º, inciso II, IV e artigo 8º, inciso X, da Lei Orgânica do Município, ao não responder os requerimentos de informações aprovados pelo Legislativo. O denunciante também citou informe publicitário publicado no dia 3 de fevereiro, no Diário de Santa Bárbara, por meio do qual o chefe do Executivo informa a retirada de todos os projetos em trâmite no Legislativo. Segundo Pizzolato, essa publicação teria o objetivo de colocar a população contra o Legislativo. No documento protocolado na Câmara, o advogado pede que os vereadores recebam e apurem essa denúncia e, após a regular tramitação processual, condenem o denunciado, com as penas inerentes e a cassação de seu mandato. Após o depoimento do prefeito, a CP deve ouvir as testemunhas de acusação e defesa na quarta-feira (1º de abril). Entre as testemunhas de acusação, está Pizzolato, uma vez que a liminar impetrada por Andia afastando o depoimento do advogado foi indeferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, com assinatura do juiz dr. Paulo Henrique Stahlberg Natal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE