Covid: Nova Odessa vacina mais e ganha monitores

A Prefeitura de Nova Odessa, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, começa nesta quinta-feira, dia 25, a vacinar o grupo de idosos com idade acima dos 69 anos contra a Covid-19. Até o momento já foram atendidos os grupos dos trabalhadores da Saúde e idosos com mais de 90 anos, depois 85, 80, 77, 75, 72 e, agora, mais de 69 anos. Até o final da 1ª etapa da campanha serão imunizados todos os moradores com 60 anos ou mais.

“A Campanha de Vacinação contra a Covid-19 avança em Nova Odessa e demais cidades da região. Isso acontece a partir do momento que os municípios recebem novas doses do imunizante. Na terça-feira (23), recebemos mais um lote com 1.680 unidades, sendo 1.160 primeiras doses. Com esse volume, já é possível convocar os idosos com idade acima dos 69 anos”, afirmou a enfermeira coordenadora da Vigilância, Paula Mestriner.

Com o avanço da vacinação, na quarta-feira (24), Nova Odessa atingiu a marca de 3.514 primeiras doses aplicadas, o que representa 5,85% da população estimada da cidade. Em relação à segunda dose, o número se mantém em 1.021 aplicações de reforço já feitas. Essa “dose extra” garante a imunização da pessoa após duas semanas, em média, mas só pode ser aplicada no paciente após um período indicado pela fabricante.

Nova Odessa já recebeu via PNI (Plano Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde, 5.999 primeiras doses das vacinas contra a Covid-19, das quais 4.239 doses da CoronaVac/Butantan, em 9 lotes, e 760 doses da Oxford/FioCruz, em 2 lotes, além de 1.700 segundas doses, todas da CoronaVac/Butantan.

Campanha

A Campanha de Vacinação contra o novo coronavírus ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, no Ginásio Municipal do Jardim Santa Rosa. O local conta com tenda drive-thru para atendimento dentro do veículo dos idosos com dificuldade de locomoção.

A Secretaria de Saúde esclarece que, no período da manhã, os atendimentos para a primeira dose são agendados, por meio do pré-cadastro que deve ser realizado no site oficial da Prefeitura de Nova Odessa (www.novaodessa.sp.gov.br). A convocação é por idade, não por ordem de cadastramento. A medida foi adotada para se evitar aglomerações.

Já no período da tarde, a campanha recebe livre demanda exclusivamente para a segunda dose de idosos e dos profissionais da Saúde, que devem ir ao local sempre de acordo com a data indicativa de retorno constado na ficha de vacinação.

“O trabalho vai avançando aos poucos e em breve todos as pessoas do grupo prioritário serão convocadas para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19. É importante reiterar que, para esse processo caminhar num ritmo que gostaríamos, é necessário ter mais vacinas à disposição da nossa Secretaria de Saúde. Enquanto isso, vamos trabalhando de acordo com o volume que temos em estoque”, finalizou o secretário municipal de Saúde, Nivaldo Luís Rodrigues.

Sobre a divulgação de uma nova versão do calendário previsto de vacinação por faixas etárias e novos grupos feita pelo Estado, a Secretaria lembra que tal calendário é apenas uma sugestão às prefeituras, que têm autonomia para definirem suas próprias datas para cada fase/grupo etário, conforme a realidade local, as medidas de segurança sanitárias adotadas no local de vacinação, para minimizar riscos aos idosos, e a quantidade de doses.

Monitores

O prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, o Leitinho (PSD), recebeu na quarta-feira (24) a entrega de 5 monitores de sinais vitais do tipo multiparâmetro, que serão destinados imediatamente à nova enfermaria respiratória inaugurada sexta-feira passada em uma ala totalmente isolada do Hospital e Maternidade Municipal.

A entrega foi feita pelo gerente comercial da empresa Med7, Fernando Klein, e foi acompanhada pelo secretário municipal de Saúde, o médico Nivaldo Luís Rodrigues. Os novos equipamentos seriam imediatamente patrimoniados e disponibilizados à Secretaria Municipal de Saúde.

Se necessário, conforme a distribuição de pacientes mais ou menos graves entre a nova enfermaria e a UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, os monitores multiparâmetro poderão ser redistribuídos entre os dois prédios da Rede de Saúde.

“São equipamentos muito bons, de extrema necessidade – assim como os respiradores que estão para chegar. A equipe da Saúde Municipal agradece o empenho do prefeito e da sua equipe em garantir nossas condições de trabalho. Estamos aqui para cuidar da população de Nova Odessa”, acrescentou o secretário de Saúde.

Segundo Klein, “não está fácil” adquirir equipamentos como estes no mercado no momento, em função da grande demanda da Rede de Saúde de todo o país. Por isso, a agilidade da Prefeitura de Nova Odessa na compra foi fundamental. “As indústrias não estão conseguindo suprir a demanda. Como aqui já tínhamos a decisão de compra (por parte da Prefeitura), a fabricante nos garantiu a entrega, senão seriam necessários 90 dias para atender o pedido – que é o prazo para qualquer novo pedido. Mesmo fabricando no Brasil, a indústria usa componentes importados, e o mundo todo está comprando dos mesmos fornecedores”, apontou o gerente.

Os cinco monitores são parte de um “pacote” maior de investimentos na compra de novos equipamentos para pacientes respiratórios, anunciado na semana passada pelo prefeito Leitinho. Também estão sendo adquiridos respiradores e bombas de infusão e os insumos e medicamentos específicos para unidades respiratórias. Espera-se que os demais equipamentos sejam entregues em breve pelos respectivos fornecedores.

A Prefeitura de Nova Odessa também determinou nesta semana a criação imediata de mais 16 leitos de baixa complexidade na Unidade Respiratória do Alvorada. Com mais esse reforço, Nova Odessa passará a contar com 47 leitos para atendimento de pacientes infectados com o novo coronavírus, sendo 36 na UR e mais 11 na ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal, inaugurada na última sexta-feira.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE