Edit

Covid: Nova Odessa passa de 2.000 vacinados com 1ª dose

A Prefeitura de Nova Odessa, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, atingiu na quinta-feira (11) a marca de 2.079 primeiras doses da vacina contra a Covid-19 aplicadas, o que representa 3,46% da população estimada para a cidade. Em relação à segunda dose, o dia “fechou” com 756 aplicações de reforço já feitas.

Lembrando que a outra dose garante a imunização da pessoa após cerca de duas semanas. “A vacinação vem seguindo de acordo com a disponibilidade de vacinas. Nesta quinta-feira, avançamos um pouco mais no trabalho de imunização do grupo prioritário de idosos de Nova Odessa”, explicou a enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Paula Mestriner.

As doses de reforço da Coronavac/Butantan continuam sendo aplicadas 28 dias após as primeiras, conforme o PNI (Plano Nacional de Imunização) do Ministério da Saúde. “Na semana passada, recebemos cerca de 800 doses de reforço, e elas estão sendo aplicadas ao longo dessa semana nos idosos com mais de 78 anos e profissionais da Saúde (que já haviam recebido a primeira dose ao longo das últimas quatro semanas)”, explicou Paula.

Campanha

A Campanha de Vacinação contra o novo coronavírus ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, no Ginásio Municipal do Jardim Santa Rosa. O local conta com tenda drive-thru para atendimento dentro do veículo dos idosos com dificuldade de locomoção.

No período da manhã, os atendimentos para a primeira dose são agendados por meio do pré-cadastro que deve ser realizado pelo site oficial da Prefeitura (www.novaodessa.sp.gov.br). A convocação é por idade, não por ordem de cadastro. A medida foi adotada para se evitar aglomerações.

Já no período da tarde a campanha recebe livre demanda exclusivamente para a segunda dose de idosos e profissionais da Saúde, que devem ir ao local sempre de acordo com a data indicativa de retorno constado na ficha de vacinação.

“Tudo foi organizado para que garanta maior comodidade e segurança sanitária para todos e informamos que os demais grupos prioritários receberão a primeira dose a partir do momento que recebermos mais doses do Ministério da Saúde”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Para esta sexta-feira, dia 12, foram convocados, via pré-cadastro, mais 100 idosos com mais de 78 anos e profissionais da saúde para receber a primeira dose do imunizante. “O trabalho vem avançando aos poucos e em breve novos grupos prioritários serão convocados para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19”, acrescenta Mestriner.

“É importante deixar claro que esse processo, para caminhar num ritmo que gostaríamos, é necessário ter mais vacinas à disposição da nossa Secretaria de Saúde. Enquanto isso, vamos trabalhando de acordo com o volume que temos em estoque, que são poucos”, finalizou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE