Covid: atingida marca de 7 mil novaodessenses vacinados

A equipe da Secretaria de Saúde Prefeitura de Nova Odessa que atua na 1ª etapa da campanha de vacinação de grupos prioritários contra a Covid-19 aplicou mais 170 primeiras doses na segunda-feira (26). Assim, a cidade chegou a 6.944 moradores imunizados ou em fase de imunização contra o novo coronavírus, o equivalente a 11,5% da população estimada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 60.958 habitantes, e deve ultrapassar a marca dos 7 mil já nesta terça-feira.

Com mais 200 aplicações, Nova Odessa também atingiu, na segunda-feira, a marca de 2.871 segundas doses – ou doses de reforço –, o equivalente a 4,7% da população. A imunização é atingida duas a três semanas após a dose de reforço, sempre dentro dos percentuais de eficácia anunciados pelas respectivas fabricantes.

Segundo a equipe, neste caso, quem já tomou a primeira dose deve voltar ao Ginásio Municipal do Jardim Santa Rosa no dia marcado na carteira de vacinação para o recebimento da segunda dose, ou no dia útil seguinte, mas sempre no mesmo horário em que a pessoa tomou a primeira dose, para evitar files e aglomerações na porta do prédio – o que representaria um risco maior de contaminação pela própria Covid-19.

A campanha de vacinação contra o novo coronavírus estará concentrada no Ginásio do Santa Rosa – situado na Rua João Bassora, nº 500 – e acontece diariamente, das 8h às 16h. O local foi especialmente preparado para esta missão. No momento, idosos com 64 anos ou mais estão sendo convocados por meio do pré-cadastro, que deve ser realizado exclusivamente no portal da Prefeitura – disponível em www.novaodessa.sp.gov.br.

Só devem ser levados ao local, pelos responsáveis, os idosos, que se cadastraram e foram convocados por telefone no dia anterior pela equipe da Saúde Municipal. A vacinação dos idosos ainda não tem atendimento por “livre demanda”, ou seja, as famílias devem obrigatoriamente cadastrar esses idosos e aguardar o contato telefônico informando data e horário.

A partir do recebimento da dose de reforço, o sistema imunológico leva cerca de 15 dias para responder à vacina e criar imunidade. Por isso, a Vigilância Epidemiológica reforça a importância de seguir os protocolos sanitários com uso de máscara, da constante higienização das mãos e distanciamento social.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE