Covid. Americana passa das 400 mortes. Hoje mais 5

Americana registrou nesta quinta-feira (8) mais cinco óbitos por Covid-19, passado das 400 mortes e totalizando 402 vidas perdidas pela doença de residentes no município. Também foram registrados 89 novos casos positivos, além de 22 suspeitos.

Os casos de óbito foram:

 – Uma mulher (69), moradora da Cidade Jardim, sem informações de doenças preexistentes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 28 de março;

– Um homem (72), morador do bairro Antônio Zanaga, portador de diabetes, que estava internado em hospital particular e faleceu no dia 5 de abril;

– Uma mulher (66), moradora do Jardim Brasil, portador de hipertensão arterial, que estava internado em hospital particular e faleceu no dia 7 de abril;

– Uma mulher (74), moradora da Vila Belvedere, portadora de doença cardiovascular crônica e diabetes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 7 de abril;

– Uma mulher (53), moradora do bairro São Luiz, sem informações de doenças preexistentes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 8 de abril.

Novos positivos

O município também teve confirmados 89 novos casos positivos, sendo 27 após realização de Testes Rápidos, dos quais 23 estão em isolamento domiciliar e quatro já se recuperaram; e 62 após exames PCR, dos quais 27 estão em isolamento domiciliar, 30 já se recuperaram, além dos cinco óbitos registrados.

Novos suspeitos

O boletim trouxe 22 novos casos suspeitos da doença.

Quadro geral

O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 14.238 casos positivos, sendo 25 internados, 402 óbitos, 386 em isolamento domiciliar, 13.425 recuperados e 96 casos suspeitos aguardando resultados de exames. Além disso, o município contabiliza agora 24.244 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.

Ocupação de leitos

Nesta quinta-feira (8), a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 98% de leitos com respiradores (de 88 no total, 86 estão ocupados) e de 98% de leitos sem respiradores (de 94 no total, 92 estão ocupados).

A quantidade de leitos disponíveis para UTI e enfermaria está oscilando dia a dia, conforme o remanejamento de leitos contingenciais de cada unidade hospitalar. Isto para que seja possível atender a demanda de pacientes, conforme a necessidade da assistência, tanto para Covid-19 como para outras urgências, emergências e agravos.

No Hospital Municipal a taxa de ocupação é a seguinte: 92% com respiradores (de 26 no total, 24 ocupados) e 100% sem respiradores (de 33 no total, 33 ocupados). No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação de leitos é de 100% com respiradores (de 17 no total, 17 ocupados) e 87% sem respiradores (de 16 no total, 14 ocupados); no Hospital São Francisco a taxa é de 100% de leitos com respiradores (de 13 no total, 13 ocupados) e de 100% sem respiradores (de 16 no total, 16 ocupados) e no Hospital Unimed a taxa é de 100% de leitos com respiradores (de 32 no total, 32 ocupados) e de 100% de leitos sem respiradores (de 29 no total, 29 ocupados).

❇️ Confira mais detalhes no boletim e as informações completas em: www.americana.sp.gov.br/coronavirus

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE