Covid-19. Hospital de Campanha de Nova Odessa parcialmente desativado

A Prefeitura de Nova Odessa desativa nesta quarta-feira (23) parte da estrutura onde funciona a Unidade Respiratória Hospital de Campanha montada em abril para dedicação exclusiva a pacientes com sintomas de contaminação pelo novo coronavírus. Toda a parte móvel, que é alugada, será removida e o atendimento continuará sendo feito no prédio que compõe a unidade (antiga Unidade Básica de Saúde do Jardim Alvorada).

Com a redução da estrutura, a Unidade Respiratória passará a contar com oito leitos, sendo seis para internação – cinco com respiradores e monitores multiparâmetros – e dois para pacientes em observação. No entanto, de acordo com a informações da Secretaria de Saúde, o espaço poderá acomodar até 15 pessoas, em caso de necessidade.


“A estrutura será diminuída, mas nosso hospital de campanha continua funcionando de segunda a segunda, 24 horas por dia com consultas médicas, enfermagem, exames, fisioterapia, farmácia, limpeza e segurança. Não muda nada em relação ao atendimento à população”, explicou o secretário de Saúde do município, Vanderlei Cocato.

Segundo o secretário, a desmontagem da estrutura móvel do hospital de campanha vai diminuir as despesas do município com a manutenção do espaço, atualmente em torno de R$ 370 mil, incluindo insumos, EPIs (equipamentos de proteção individual), funcionários e transporte de pacientes para outras unidades da região.

 

BALANÇO. Em funcionamento desde 24 de abril, o hospital de campanha de Nova Odessa ultrapassou a marca de sete mil pacientes atendidos nesta terça-feira (22). Foram 213 internações, 102 transferências para hospitais da região e da capital paulista e 597 exames, entre radiografia (304), tomografias (225) e eletrocardiogramas (68). Nesta terça, quatro pacientes com teste negativo para coronavírus permaneciam internadas na unidade. “Agradeço a todos os profissionais que atuam na unidade. Infelizmente, perdemos vidas, mas salvamos muitas outras e pacientes foram para casa curados”, avaliou Cocato.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE