Covid-19. Funcionária de casa de repouso testa positivo

Testes rápidos aplicados em seis moradoras e sete funcionários da casa de repouso em que vivia o homem de 76 anos morto por Covid-19 no último dia 4, em Nova Odessa, descartaram a contaminação em 12 deles. Uma funcionária, no entanto, testou positivo para o novo coronavírus e está em isolamento domiciliar com a família. Os resultados foram divulgados nesta quarta-feira (13) pela Secretaria de Saúde do município. Os exames foram realizados por um laboratório contratado pela Prefeitura.
A paciente tem 37 anos, mora no Jardim São Jorge e não apresenta sintomas da doença. No primeiro teste, realizado na terça (12), o resultado foi considerado inconclusivo. Porém, a presença do vírus foi confirmada em outro exame. A funcionária foi isolada e será monitorada por profissionais da Vigilância Epidemiológica pelos próximos 14 dias. ?? o 17º caso positivo de Covid-19 na cidade, o quarto registro em três dias.
Com o novo caso positivo, de acordo com a Secretaria de Saúde, a casa de repouso está sob quarentena até o próximo dia 26. Nesse período, durante a permanência na casa, os funcionários estão orientados a reforçar as medidas de segurança estabelecidas no protocolo que foi estabelecido pela secretaria e compartilhado com os seis estabelecimentos do gênero registrados no município. Eles devem trocar de roupa antes e depois da jornada de trabalho, redobrar a higiene pessoal e manter os ambientes limpos.
Sob quarentena, funcionários e moradoras da casa de repouso terão a temperatura aferida constantemente pelas enfermeiras que lá atuam e acompanhamento diário de profissionais da Secretaria de Saúde, que avaliarão o surgimento de eventuais sintomas.
Nova Odessa tem 17 casos confirmados de coronavírus, entre eles duas mortes. Desses, quatro registros foram feitos esta semana: além da funcionária da casa de repouso, outras três mulheres – de 31, 41 e 73 anos – tiveram a contaminação confirmada entre segunda (11) e terça (12). Além disso, o município tem 18 casos negativados, nove em investigação, dez pacientes curados e 53 pacientes com gripe sob monitoramento.
MORTE. Com histórico de obesidade, o idoso morreu no início da noite de segunda na Unidade Respiratória que funciona no Jardim Alvorada desde 23 de abril. Segundo a secretaria, ele chegou com quadro respiratório grave, precisou ser entubado e sofreu uma parada cardiorrespiratória em seguida. Na casa de repouso, ele vivia em um cômodo isolado. Em outra parte do estabelecimento, moram as outras seis mulheres assistidas.
Foi a segunda morte por Covid-19 confirmada no município. A primeira ocorreu no início do mês passado. Segundo a Secretaria de Saúde, o paciente tinha 52 anos, morava no Jardim Monte das Oliveiras, era comerciante, diabético e apresentava doença pulmonar.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE