Costa Rica x Brasil tem confronto de musas

Ana Torres, a “Musa da Costa Rica” no concurso “Musa da Copa – O Original”, lamenta a derrota da seleção para a Sérvia por 1 a 0 na estreia da Copa do Mundo e acredita em um bom resultado no jogo contra o Brasil que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 22.

“Infelizmente perdemos, mas perdemos por pouco e ainda há chances. Acredito que faremos um bom resultado contra a seleção brasileira. Eu não conhecia a Sérvia até termos o Petkovic no Brasil e agora por ter perdido deles (risos)”, afirma a modelo e estudante de Direito que está sendo considerada em Porto Alegre como a “Musa do Grêmio”.
A loira que tem 90cm de bumbum, 86cm de busto e 50cm de cintura distribuídos por 49kg e 1,59m de altura nunca foi para a Costa Rica, mas tem muito desejo de conhecer o país. Ana Torres diz que o goleiro Keylor Navas e o zagueiro Francisco Calvo são os jogadores mais bonitos da seleção costariquenha.
A gaúcha de 21 anos foi o centro das atenções na Marquês de Sapucaí pois mostrou seu corpo perfil magrinha, com bumbum e seios naturais assim como a atriz Isis Valverde.

Milla Felix, musa do Brasil na Copa do Mundo 2018, opina sobre o desempenho dos jogadores da seleção brasileira no jogo de domingo contra a seleção da Suíça. Apesar de todo o favoritismo e de uma onda verde-amarela que varreu as redes sociais, com milhões de posts e fotos de famílias inteiras vestindo a camisa da seleção, a equipe que chegou ao Mundial da Rússia com uma campanha arrasadora, acabou derrapando na estréia no torneio. Nervosos e errando nas finalizações, o que conseguiram foi um amargo empate com a Suíça, por 1 a 1, neste domingo (17), em Rostov. 

Mas não foram só os comentaristas esportivos que notaram o nervosismo da seleção no jogo. A musa do Brasil na Copa do Mundo 2018, Milla Felix, comentou sobre o desempenho da seleção em campo, com destaque para Neymar: “Achei-os muito nervosos, pressionados. Um jogador como o Neymar tem que estar preparado para a pressão que é representar o Brasil em campo. Veja o Cristiano Ronaldo, sob pressão ele faz acontecer. Se Neymar não aprender a trabalhar sob pressão, ele nunca vai ser o melhor do mundo. Infelizmente quando Neymar tropeça, o Brasil inteiro derrapa”. Disse Milla.

O próprio técnico da seleção, Tite, admite que a equipe sofreu em campo. Neymar não encontrou seu lugar no jogo, e o fraco desemprenho trouxe à memória dos brasileiros o fantasma do 7×1, e toda a expectativa de trazer o Hexacampeonato para casa: pressão total. 

Milla tem representado bem o país como musa da Seleção Brasileira no Mundial. Apresentando traços tipicamente brasileiros, indígena, a morena é uma inspiração ambulante para levantar a moral da seleção e dos torcedores, motivação essa distribuída em 105cm de bumbum, 94cm de busto, 70cm de cintura, 63cm de coxa distribuídos em seus 1,70m de altura e 68kg. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE