Corá ‘cabreirasso’ com evento LGBTQIA+

O vereador Felipe Corá (Patriota) é autor de moção em que manifesta repúdio à Prefeitura Municipal e ao Governo do Estado de São Paulo, nas pessoas do prefeito Rafael Piovezan e do governador João Doria, por suposto gasto de dinheiro público em apoio ao Festival Mix Music, evento a realizar-se no dia 02 de outubro próximo, a partir das 16h, no Teatro Municipal Manoel Lyra, com shows das drags queen Silvetty Montilla e Sasha Zimmer e da DJ Grá Ferreira, além de sessão especial de curtas LGBTQIA+.

 

Na propositura, o parlamentar considera que o festival voltado para o público LGBTQIA+, com 22 edições realizadas, será sediado pela primeira vez em Santa Bárbara d’Oeste. “O Festival Mix Music tem viés ideológico, portanto, usar dinheiro público para promover e custear suas apresentações é financiar a inversão de valores cristãos em defesa da família, como também o evento milita em prol das pautas de grupos políticos ideológicos de esquerda”, defende Corá, destacando que não é contra a realização do evento e respeita a orientação sexual de cada indivíduo, porém, entende que o mesmo deveria ser patrocinado, organizado e financiado pela iniciativa privada ou por recursos próprios.

 

O vereador também é autor de um requerimento em que solicita informações sobre o assunto à Administração Municipal. Neste documento, ele pergunta qual será o gasto total de recursos públicos para a realização do evento Festival Mix Music e quanto é do erário estadual e quanto é do erário municipal. Corá questiona, também, se o teatro foi cedido sem custos para os organizadores ou foi cobrada diária para o uso do espaço e, por fim, se o Executivo compactua com a defesa das pautas defendidas pelo público LGBTQIA+.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE