Consórcio PCJ inicia distribuição de sementes

O Programa de Proteção aos Mananciais do Consórcio PCJ iniciou nessa terça-feira, dia 17, data em que é comemorado o Dia de Proteção às Florestas, a distribuição de sementes aos viveiros municipais parceiros para a produção de mudas nativas que serão utilizadas em projetos de reflorestamento nos municípios e também nas iniciativas da entidade. O primeiro viveiro que recebeu o seu kit de sementes foi o de Piracicaba, o maior da região.

Estão sendo distribuídos sementes de 15 espécies nativas: Algodoeiro, Aroeira-verdadeira, Canafístula, Capororoca, Cebolão, Escova-de-macaco, Jacarandá-bico-de-pato, Jacarandá-do-campo (Amendoim-do-campo), Jacarandá-paulista, Jenipapo, Manduirana (Pau-fava/ Fedegoso), Pau-cigarra, Sangra-d’água, Timboril (Orelha-de-negro), Timbozinho.
 
A quantidade de sementes compradas pelo Consórcio PCJ será suficiente para a produção de mais de 80 mil mudas de árvores. Além de Piracicaba, que recebeu seu kit de sementes nessa terça-feira (17), estão programadas entregas para os próximos dias aos viveiros de Limeira, Nova Odessa, Capivari, Piracaia e Campinas. Mas, todos os viveiros parceiros serão atendidos pelo Consórcio PCJ até o início do período de chuvas, que se iniciará em outubro.
 
???A distribuição de sementes faz parte do calendário de ações que o Consórcio realiza de apoio no fornecimento de insumos aos viveiros municipais, com o objetivo de ampliar a produção de mudas de árvores para ações de reflorestamento nas Bacias PCJ???, atenta o coordenador de projetos e responsável pelo programa, Guilherme Valarini.
 
O Programa de Proteção aos Mananciais do Consórcio PCJ atua há 17 anos e conta com a colaboração de 16 viveiros municipais, que ajudam nas ações de reflorestamento ciliar promovidos pela entidade e estão distribuídos pelas cidades de Rio Claro, Iracemápolis, Santa Bárbara D???Oeste, Piracicaba, Capivari, Cosmópolis, Monte Mor, Sumaré, Limeira, Jaguariúna, Paulínia, Vinhedo, Bragança Paulista, Analândia e Hortolândia, todas situadas no Estado de São Paulo e Camanducaia, em Minas Gerais.
 
Até o ano de 2018, foram plantadas 4,5 milhões de mudas nativas numa área de 2.700 hectares nas Bacias PCJ, o equivalente a 3.530 campos de futebol.
 
Os municípios associados interessados em mais informações sobre reflorestamento de matas ciliares ou em consultoria técnica para os viveiros, podem solicitar detalhes pelo e-mail [email protected]

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE