Conselho Tutelar de N Odessa toma posse

Os cinco novos conselheiros tutelares de Nova Odessa assumiram as funções do órgão esta semana. Eleitos para o triênio 2013/2015, Elizabeth Dias de Oliveira Barilon, Alvaci Cocato, Carlos Alberto Rossi e Osvaldo Padovan já escolheram Antonio Carlos Furian, que foi o único reeleito para o segundo mandato, como coordenador dos trabalhos para os próximos sete meses. Para Furian o maior desafio do Conselho Tutelar atual é fazer valer os direitos das crianças e adolescentes. Segundo ele, a maior parte da população desconhece a atuação do órgão. ???Por isso vamos nos aproximar mais das famílias, divulgando nosso trabalho e conscientizando as pessoas a respeito do Conselho. Podemos afirmar que vamos trabalhar muito e mostrar nosso serviço???, declarou. Ele complementou que focar em uma maior divulgação dos trabalhos é outra meta para 2013. O coordenador ainda informou que as três principais causas de atuação na cidade são relacionadas à evasão escolar, drogas e crimes sexuais contra vulneráveis. Ele comentou que há, ainda, o serviço de acompanhamento psicológico tanto às crianças quanto aos pais, cuja procura é bastante grande. O conselheiro Osvaldo Padovan era vereador quando foram aprovadas as leis que instituíram o Conselho Tutelar, o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente) e o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, no ano de 1991. A eleição dos primeiros conselheiros, entretanto, ocorreu apenas em 1998. ???Nestes 14 anos de atuação, temos visto que a população ainda não assimilou que o órgão veio para garantir as condições de qualidade de vida às crianças e adolescentes???, afirmou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE