Confira as estreias nos cinemas da região

Mulheres ao ataque – Quando Carly (Cameron Diaz) descobre que seu namorado, Mark (Nikolaj Coster-Waldau), é casado com outra mulher, Kate (Leslie Mann), as duas se unem contra ele em nome da vingança. Uma estranha amizade começa a nascer entre elas, mas a situação fica ainda pior quando elas descobrem que uma terceira mulher está envolvida, a jovem Amber (Kate Upton). Logo, a terceira pretendente se une ao grupo, para dar uma lição no marido infiel.

O passado – Este drama mostra a ruína da relação entre um marido iraniano e sua esposa francesa, vivendo na Europa. Após muitas disputas, ele abandona a família e os dois filhos para retornar ao seu país de origem. Quando a esposa pede o divórcio oficial, ele descobre que o pedido é motivado pelo fato de ela ter conhecido outro homem. Assim, sem demoras, ele retorna ao lar para confrontar a esposa e o novo pretendente dela.
Jogada de rei – Após 17 anos na cadeia, Eugene Brown (Cuba Gooding Jr.) tenta recomeçar a vida trabalhando como faxineiro em uma escola pública. O local enfrenta diversos problemas causados por um grupo de alunos problemáticos, que conseguiu até mesmo expulsar uma professora. Encarregado de tomar conta deles, Eugene tem uma ideia: criar um clube de xadrez, de forma que possa ensiná-los a pensar antes de agir. Entretanto, a iniciativa não agrada ao chefão do tráfico local, que vê o faturamento cair devido ao sucesso do clube.
Entre vales – O economista Vicente (??ngelo Antônio) é casado com a dentista Marina e pai de Caio. Ele leva uma rotina normal no trabalho e em casa, mas a sua vida vai passar por uma profunda transformação. Após viver duas perdas, ele vai descobrir novas emoções e tentar se redescobrir.
A grande vitória – Max Trombini (Caio Castro) teve uma infância humilde e conturbada. Abandonado pelo pai ainda hoje, ele foi criado pela mãe e pelo avô, que morreu quando tinha 11 anos. Revoltado, passou a se envolver em diversas confusões em sua cidade natal, Ubatuba, e depois em Bastos, onde passou a morar. Foi através do aprendizado das artes marciais, em especial o judô, que ele conseguiu se estabelecer emocionalmente e construir uma carreira que fez com que se tornasse um dos principais técnicos do esporte no Brasil.
Eu, mamãe e os meninos – Guillaume (Guillaume Gallienne) tem uma história de vida curiosa: quando era criança, sua mãe autoritária sempre pensou que ele fosse diferente dos irmãos, e decidiu criá-lo como uma garota. Anos depois, já adulto, ele relata a relação complicada que tinha com o pai, os maus-tratos dos colegas de escola e seus primeiros amores. Depois de várias confusões e histórias engraçadas, Guillaume decide fazer uma peça de teatro para contar como consegui finalmente fazer as pazes com a sua sexualidade.
Remar é… – O filme apresenta uma crônica a partir do olhar de atletas amadores e profissionais sobre o remo atualmente. Eles expõe seu amor pelo esporte e as dificuldades que tiveram que enfrentar para alcançar o reconhecimento. Além disso, o longa também mostra o descaso com clubes centenários do Rio de Janeiro, que sofrem com problemas de poluição e falta de verba.

Sementes do nosso quintal – Um documentário sobre uma escola bem diferente, a Te-Arte, que ensina as crianças de forma lúdica, com brincadeiras, sem separação de idades, e em contato com a natureza e com os animais. Sua idealizadora é Thereza Soares Pagani, que vive a escola como seu maior objetivo de vida, e ensina a valorização da infância. Na escola as crianças aprendem com arte, literatura, música e cultura popular brasileira.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE