Confiança do consumidor cai 15% em dezembro

O paulistano segue preocupado com a inflação, fator que pressionou o Índice de Confiança do Consumidor em dezembro, que caiu 15,6%, na base anual, para 136,6 pontos. No comparativo mensal, entretanto, a baixa foi de 1%, de acordo com dados da FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). A escala do índice varia de 0, que denota pessimismo, a 200 pontos, que indica otimismo.

De acordo com a entidade, o futuro tem preocupado mais o paulistano, já que o Índice de Expectativa ao Consumidor (IEC) recuou 2,3%, na base mensal, para 135,5 pontos. Já o Índice de Condições Econômicas Atuais (ICEA) elevou 0,9%, na mesma base de comparação, para 138,2 pontos em dezembro. Para a entidade, essa alta em relação ao presente pode ser explicada pela sazonalidade do mês, diante dos recursos do 13º salário.

Os consumidores com menos de 35 anos de idade mostraram-se mais satisfeitos ante novembro, com alta de 3% para 144,1 pontos em dezembro. Em contrapartida, os consumidores mais velhos ficaram 2,7% menos confiantes, registrando 127,9 pontos no último mês do ano.

Os paulistanos com renda inferior a dez salários mínimos se mostraram 3,5% menos confiantes ao passar para 135,2 pontos, enquanto os consumidores com renda superior mostraram estabilidade no índice aos 136 pontos.

Os dados do ICC são coletados de 2,1 mil consumidores no município de São Paulo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE