Como passar a quarentena sem destruir o relacionamento

Casais convivem 24 horas juntos no máximo nas férias, mas quando precisam manter esse longo período dentro de casa e por tempo indeterminado, o relacionamento pode ficar por fio. Neste momento de quarentena, equilibrar trabalho e a relação familiar pode ser uma tarefa complicada.
Nas últimas semanas em Xi’am, na China, houve um recorde no número de pedidos de divórcio, segundo o jornal “The Global Times”. As consequências da pandemia de coronavírus não se limitaram apenas à economia e saúde, infelizmente, alguns casamentos parecem chegar ao fim de forma acelerada.
A psicóloga Célia Siqueira, percebeu um aumento nas queixas de seus pacientes em relação aos parceiros. ???Muitos casais estão se conhecendo melhor agora, passando o dia inteiro juntos, mas para que isso não se torne um obstáculo entre eles, o ideal é que haja muita comunicação, atividades em conjunto, organização, divisão das tarefas, respeitar a privacidade do outro e principalmente, valorizar o carinho e os momentos juntos que não tinham antes???, diz Célia.
Além do estresse do confinamento, existe as emoções à flor da pele, ansiedade e manias, que na maioria das vezes, podem tornar o lar em um ambiente conflitante. Segundo Célia, na maioria dos casos neste momento, a terapia é uma ótima opção para ajudar na reconciliação e conhecimento próprio.
Para mais informações, acesse:  www.facebook.com/institutoceliasiqueira

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE