Comissionado responde artigo de Luciano Correa

Li com surpresa o artigo do nobre vereador Luciano Corrêa.
 Penso que deve ser muito difícil para o nobre edil ter sido deixado de lado em um governo sério e ético como é o de Omar Najar. Por essa razão entendo a maneira agressiva como se dirige a este professor concursado, servidor de carreira há mais de uma década. Assumimos a Secretaria de Educação em 09 de janeiro de 2015. Nos deparamos com uma série de unidades escolares com problemas estruturais gravíssimos. A escola CAIC apresenta problemas no telhado no qual os pombos fazem ninho e, diante de qualquer chuva,  fezes de animais escorrem pela parede, além de “bigatos” que se alimentam dos animais que morrem no local. Enquanto o nobre vereador esteve no cargo, não houve qualquer preocupação em conter o problema. A empresa contratada para fazer o serviço recebeu apenas parte do valor acordado e a obra foi paralisada. Será que o nobre vereador teria coragem de matricular seus filhos em uma escola onde bigatos escorrem pela parede? Enquanto o digníssimo vereador preocupou-se em “endeusar” a editora que forneceu as apostilas para a rede, três creches deixaram de ser concluídas e centenas de crianças foram prejudicadas no Vale das Nogueiras, Jardim Santo Antônio e Phillipson Park. As duas últimas foram paralisadas em razão do município ter deixado de repassar menos de R$ 200.000,00 de contrapartida em convênio com o governo federal, valor muito inferior ao gasto nas polêmicas apostilas. As unidades do infantil: Urupês. Buriti e Juriti apresentam gravíssimos problemas estruturais. Em uma das unidades, a caixa d´água vazava 24 horas por dia, causando mofo e tornando o ambiente insalubre para crianças muito pequenas. Com quinhentos reais resolvemos um problema que durava meses! Na EMEF Florestan Fernandes, a sala de arte que foi atingida por um incêndio até hoje não foi recuperada. Pra quê sala de artes enquanto temos apostilas, não é meu caro vereador? A escola de autistas “Tempo de Viver” deveria ser visitada por todos. Até gambás fazendo ninho no forro existem! A piscina, que deveria servir de atividade de lazer é hoje um perigoso foco de dengue, fruto de anos sem qualquer manutenção. Será que o aluno autista vale menos do que algumas apostilas? Parece que enquanto esteve no cargo, a única preocupação do digníssimo vereador foi comprar apostilas e mais apostilas. ?? triste ver que um gestor com formação pela “FGV” tenha uma visão tão simplória da Educação . Infelizmente quem não é da Educação tem dificuldade pra entender que é preciso valorizar professor e tornar o ambiente escolar agradável. Concordo plenamente que nossas crianças possuem alto nível intelectual. Atribuir tal fato a simples apostilas é dar um belo tapa na cara de nossos educadores, reduzindo-os a meros reprodutores de material didático. Sugiro ao vereador que estude um pouco mais, que aproveite seu tempo ocioso para estudar Paulo Freire, Vygotsky, Piaget e outros gênios que não devem ter integrado a grade curricular de sua pós semi presencial na FGV. Tenha certeza, nobre vereador, que estou fazendo jus ao salário que recebo. Estamos trabalhando 10, 11 ou até 12 horas por dia para consertar uma cidade arrasada pelo governo anterior, o qual o digníssimo edil fez parte. A única mácula em minha carreira como servidor foi uma sindicância endossada por Vossa Excelência, da qual fui absolvido. Sindicâncias que jamais tiveram relação com minha postura em sala de aula, que fique bem claro! Fico extremamente feliz com a crítica do parlamentar municipal. Até agora a nossa única falha, na visão do nobre vereador, foi ter substituído apostilas pagas por material didático gratuito. Tenha certeza que o dinheiro economizado será muito bem aplicado na própria pasta! Por fim, penso que o vereador precisa aceitar que não é mais Secretário e deixar gente verdadeiramente competente fazer o trabalho que ele deixou de fazer nos últimos anos. Wellington Zigarti

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE