Com manobra, Chocolate impede votação de relatórios de CEIs

O vereador Paulo Chocolate (PR) apostou num pedido de vistas para que os relatórios finais de duas comissões especiais de inquérito (CEI) não fossem votados em plenário nesta quinta-feira. As comissões investigaram casos de irregularidades no cemitério da saudade e secretaria da educação do município (merenda). 
Com o pedido de Choco, os relatórios ficarão arquivados junto com os documentos levantados nas investigações e não poderão ser enviados pela Câmara a nenhum órgão como ministério público, por exemplo.
O relator da CEI Celso Zoppi (PT) indicou que a ação de Chocolate tenha relação com os dados do relatório. “Nós apontamos cerca de 250 processos administrativos que constaram irregularidades e apontamos aqui vários ex-funcionários responsáveis pelas irregularidades e dos ex-funcionários, vários ex-administradores indicados pelo Paulo Chocolate. Nós damos nomes e sobrenomes no relatório”, disse Zoppi.  
Leia também: AM: CEI do Cemitério aprova relatório final dos trabalhos
CEI da Merenda tem relatório aprovado
Mesmo a Câmara não podendo enviar o relatório, isso ainda pode ser feito por um vereador. “Vou encaminhar como vereador para o ministério público, delegado seccional e para o prefeito Omar Najar (PMDB) que são os três encaminhamento que a comissão tinha aprovado”, afirmou o relator. 
Já Chocolate afirmou ter pedido vistas para deixar para a próxima legislatura. “Cria-se outra CEI. Que os novos vereadores vem e se querer investigar que comecem de novo”, resumiu.  

Sobre o comissão do caso da merenda, Chocolate afirmou que a situação já foi esclarecida no âmbito estadual. “Desde que a CEI da merenda já foi protocolada em São Paulo, já foi encerrada. Em São Paulo nem meu nome foi citado”, disse Choco.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE