Com gafe, Brasil cai no grupo da morte da Copa das Confederações

Por mais irônico que possa parecer, as mãos de um renomado chef de cozinha atrapalharam o sorteio da Copa das Confederações de 2013 neste sábado, no Centro de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Alex Atala, um dos convidados pela organização, confundiu-se ao pegar a bola que correspondia ao Grupo A quando surgiu o nome do Uruguai (pote B) e deixou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visivelmente constrangido. De quebra, ele ajudou a colocar o Brasil na chave mais complicada do torneio. Além da seleção brasileira e da Itália, o México e o Japão também caíram no Grupo A – a estreia dos comandados de Luiz Felipe Scolari será diante dos japoneses, no dia 15 de junho, às 16h (de Brasília), no Estádio Nacional de Brasília. A Espanha, protagonista do B, enfrentará a Celeste, Taiti e o representante da África na ordem.
Jérôme Valcke comandou o evento ao lado da modelo brasileira, Adriana Lima, e do badalado chef Alex Atala, responsável pela gafe logo em um de seus primeiros atos. Na plateia, estavam nomes como Felipão, novo técnico da Seleção, Vicente del Bosque, da Espanha, Cesare Prandelli, da Itália, ??scar Tabárez, do Uruguai, Alberto Zaccheroni, do Japão, Eddy Etaeta, do Taiti, e Jose Manuel de la Torre, do México – treinadores das sete seleções classificadas para a Copa das Confederações. O representante africano só será conhecido em fevereiro, após a Copa Africana de Nações. 
A Copa das Confederações será realizada no Brasil entre os dias 15 e 30 de junho do próximo ano. São seis cidades-sede: Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Salvador e Rio de Janeiro, que abrigará a grande decisão.A seleção de Luiz Felipe Scolari, cabeça de chave do grupo A, vai estrear contra o Japão em Brasília, vai até Fortaleza enfrentar o México na segunda rodada e encerra a primeira fase diante da Itália, em Salvador.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE