Com ‘anticorrupção’ em alta, Rezende protocola projeto

IMAGEM ILUSTRATIVA
O vereador Welington Rezende (PRP) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a proibição de participação em licitações por empresários, sócios, executivos, diretores e presidentes de empresas condenados por crimes de corrupção.
O projeto estipula que, no processo licitatório, os interessados deverão apresentar certidão de antecedentes criminais para viabilizar a participação. ???Diante de inúmeros escândalos de corrupção e pagamento de propinas envolvendo maus políticos e empresários, que misturam o público com o privado e desapontam a sociedade, é fundamental resguardar o município de Americana fortalecendo mecanismos de combate e controle à corrupção???, avalia o autor.
A proposta impede também a assinatura de contratos com condenados por crimes contra a administração pública que tenham sido cometidos em qualquer parte do país. A proibição se dará após a condenação, com trânsito em julgado, por crimes contra a administração pública em razão da atividade empresarial, bem como quaisquer outros crimes relacionados à má utilização de recursos públicos.
???O projeto ainda tem objetivo claro de afugentar empresários que usam da atividade empresarial para corromper a administração pública e prejudicar substancialmente a prestação de serviços públicos, comprometendo a qualidade de atendimento. Nenhuma obra pública, prestação de serviços, locação ou compra de insumos poderá ser realizada, no âmbito local, por empresários condenados???, conclui Rezende.
O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores, em plenário, durante sessão ordinária.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE