Coden vai a Museu da Água Campinas por Educação Ambiental

Preocupada em sensibilizar a população de Nova Odessa sobre a importância dos recursos hídricos para o desenvolvimento sustentável, a Coden Ambiental, que é responsável pelos serviços de saneamento básico do município, organizou uma série de visitas a espaços de referência em Educação Ambiental na região das Bacias PCJ (dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) para colher ideias que nortearão futuros projetos.

Na última semana, os diretores da empresa visitaram o Museu da Água, em Campinas. Estiveram presentes o presidente da empresa Elsio Álvaro Boccaletto, o diretor financeiro Hamilton Lorençatto e o diretor técnico, Rean Gustavo Sobrinho, além da funcionária Ana Paula de Souza Freitas, que participará do projeto. Eles foram acompanhados do secretário adjunto municipal da Educação Assis das Neves Grillo e das coordenadoras pedagógicas Maiza Passoni, do Ensino Infantil, e Renata Ortiz de Camargo, do Ensino Fundamental.

Trata-se de uma exposição temática que integra o CCA (Centro de Conhecimento da Água), mantido pela Sanasa, empresa responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade. Seu acervo reúne 24 instalações distribuídas nas áreas interna e externa do CCA.

Cada uma delas apresenta, de maneira lúdica e interativa, a água como elemento garantidor da vida e do equilíbrio ambiental do planeta. As instalações também destacam o uso da água ao longo da história. E ainda ressaltam a evolução tecnológica para o tratamento, armazenamento e distribuição de água e para a coleta, tratamento e destinação do esgoto.

O Museu da Água foi idealizado pelo físico Aníbal Fonseca de Figueiredo Neto, mestre pela USP (Universidade de São Paulo) e reconhecido por sua participação em projetos de popularização da ciência, entre eles o Museu Catavento Cultural, em São Paulo.

Essa não foi a primeira visita realizada pela Coden em seu levantamento sobre ações de Educação Ambiental. No início de junho, os diretores da empresa estiveram no Jardim Botânico Plantarium, em Nova Odessa, referência em pesquisa e conservação da flora brasileira.

De acordo com o presidente da Coden, outros espaços similares ao CCA de Campinas ainda deverão ser visitados, como os museus que ficam em Indaiatuba e Piracicaba. “A Coden Ambiental, como instituição atenta à sustentabilidade do planeta, considera a Educação Ambiental uma atividade inerente à sua vocação e manterá todos os esforços para mobilizar a sociedade na preservação dos recursos naturais, que são essenciais para a manutenção da vida”, afirmou Boccaletto – que é biólogo e professor por formação.

Manter a segurança hídrica do município é uma das prioridades do prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, o Leitinho, que inclusive anunciou no aniversário de 116 anos da cidade, celebrado em 24 de maio, a construção de uma nova represa. “Não adianta somente aumentarmos a capacidade de captação de água, precisamos também conscientizar a população sobre o uso consciente deste recurso. Por isso, eu solicitei à Coden que desenvolva esse trabalho e tenho certeza que teremos um resultado altamente positivo para a cidade”, comentou o prefeito.

 

SOBRE O MUSEU DA ÁGUA

 

O Museu da Água fica no Centro de Conhecimento da Água, localizado na Rua Visconde de Congonhas do Campo, nº 567, Parque São Martinho (ao lado do Parque das Águas). As visitas são gratuitas e podem ser agendadas pelos telefones (19) 3735-5413 e 3735-5791. O Museu funciona de terça a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h30. Em função da pandemia, as visitas serão reduzidas a, no máximo, dez pessoas por período. As escolas serão agendadas conforme o avanço das regras do Plano São Paulo de combate à Covid-19 aplicáveis à Educação.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE