CMSB- Com 3 anos de uso, telhado vai ser trocado

Com apenas três anos de uso, o telhado do anexo da Câmara de Santa Bárbara d’Oeste onde foi feita seis novas salas de vereadores vai ter que ser trocado. Desde o começo do ano, o atual presidente, Fabiano Pinguim (PV), reclamava da situação e chegou a pedir ajuda para a prefeitura. Mas a situação se mostrou insustentável e a gota d’água foi um levantamento que terminou este mês.

2010 – A construção de anexos realizada na Câmara em 2010 terá todo o telhado trocado, segundo perícia feita pela empresa contratada por Pinguim, Bassette Engenharia. A obra foi executada com o atual vice prefeito Anizio Tavares como presidente da Casa de Leis e custou aproximadamente R$1,7 milhão. Após a reunião a empresa que fez o serviço naquele ano já entrou em contato com o gabinete do atual presidente e nesta terça feira vão conversar sobre os reparos necessários. A obra está dentro do prazo de garantia.
2002 – O telhado feito na construção da Câmara também apresentou irregularidades que já correm na justiça. Além disso, a deteriorização do tempo e infiltrações causadas por possíveis erros na construção estão fazendo necessária a troca total do telhado. Falhas na instalação dos ares-condicionados da Casa também foram citadas pela Bassette. Para o responsável, Everaldo Bassette, durante a instalação telhas foram pisadas, quebradas e tiradas do lugar.   
Fora o valor dentro da garantia, aproximadamente R$22 mil, a Câmara ainda vai custear R$220 mil para a troca dos telhado das obras de 2002. Segundo Pinguim, a Câmara já possui o dinheiro em caixa.Para a Bassette Engenharia, hoje, o telhado da Câmara Municipal não apresenta condições de uso. “?? um serviço inaceitável, foi entregue uma obra inacabada”, disse Everaldo Bassette.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE