CMNO: Mais um capítulo

A sessão desta segunda-feira, dia 16, em Nova Odessa teve mais um capítulo da novela envolvendo os vereadores Leitinho (PDT) e José Pereira (PPS). Ainda na discussão do primeiro projeto de lei – de autoria de Leitinho sobre a criação da “Câmara da Melhor Idade” -, os parlamentares trocaram farpas e motivaram o presidente da Casa,
Vagner Barilon (PSDB) suspender a sessão por cinco minutos. No retorno, o projeto foi reprovado.”O mérito é interessante na primeira vista, mas salta aos olhos na segunda vista porque idosos querem ir pra expoflora, quer lazer, já trabalharam o suficiente. Eu vejo que os idosos já estão bastante representados pelo conselho dos idosos, por nós”, disse Pereira. “Um projeto dessa natureza, um projeto bom que vai trazer
melhorias para eles. Mas ele (J.P) não abre espaço, como eles vão reinvindicar os direitos deles se ele vota contra e pede para os vereadores votarem contra também?”, respondeu Leitinho.LUPA ELETR??NICA – Presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, a veradora Carla Lucena (PSDB) se impôs durante a discussão do segundo projeto. De autoria do vereador Celso Concrenova (PSDB) o projeto obriga a instalação de lupa eletrônica em alguns tipos de estabeleciemtos da cidade. O professor Antonio levantou a questão de que o projeto cria custo ao setor privado e não compete ao Legislativo. Leitinho questionou que a comissão deu parecer favorável e desagradou Carla que pediu atenção do pedestista e soltou: “Quando for a respeito da comissão e o senhor tiver dúvida pode perguntar que eu vou responder. Se for insconstitucional eu vou votar contra”. O P.L. foi aprovado.CARLA X LEITINHO – O atrito entre os parlamentares continuou na discussão do parecer contrário da comissão de justiça e redação ao projeto de lei de autoria do vereador Antonio sobre a proibição de uso de celular dentros das escolas da cidade. Leitinho voltou a questionar posicionamento da comissão e Carla pediu cinco minutos de suspensão para que o setor jurídico da Casa pudesse falar ao pedetista. O P.L. foi arquivado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE