Câmara vai debater desprivatização do DAE

A Câmara de Sumaré recebe na próxima quarta-feira, 08 de agosto, audiência pública para defender a municipalização dos serviços de água e esgoto na cidade sob o controle do extinto DAE (Departamento de Água e Esgoto), concedido à empresa Odebrecht Ambiental em dezembro de 2014. O evento terá início às 18h.

Segundo o vereador Willian Souza (PT), organizador do encontro, a intenção é justificar a viabilidade técnica e financeira do DAE. “Sempre fui contrário a esta concessão, antes mesmo das denúncias de corrupção que envolveram empresários e a ex-prefeita Cristina Carrara. Hoje, vemos uma empresa desqualificada, que gosta de investir em marketing. ?? a soma de serviços caros e de péssima qualidade e, por isso, queremos fazer a reintegração do Departamento de Água e Esgoto”, comentou.

 
Na época da autarquia, o valor mínimo da tarifa residencial era de R$ 15,05 e hoje, o serviço é de R$ 45,40 ??? um aumento de 301,6% em apenas três anos. “A população tem que pagar, tendo água ou não”, concluiu o vereador.
 
A audiência pública deve contar com a presença de antigos servidores do DAE, que foram remanejados para departamentos da Prefeitura durante o processo de concessão. “Essa transferência custou caro aos cofres públicos e inchou a folha salarial do Município. Além dos evidentes prejuízos aos moradores da cidade, a concessão trouxe prejuízos à Prefeitura, que absorveu toda dívida do DAE e seus trabalhadores concursados”, comentou o presidente do Sindissu (Sindicato dos Servidores Municipais de Sumaré), Sandro Barboza.
 
A Câmara de Sumaré fica na Travessa 1º Centenário, número 32, no Centro.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE