Câmara de Sumaré aprova fim dos fogos com barulho

Os vereadores da Câmara de Sumaré aprovaram durante sessão ordinária ocorrida na noite desta quinta-feira (27), o Projeto de Lei nº 01/2019, de autoria dos vereadores Ronaldo Mendes (PSDB) e Décio Marmirolli (PSB), que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampido e de artifício, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso na cidade. O PL foi aprovado no plenário com 20 votos a favor. 
A proposta permite somente a utilização de fogos de vista, que produzem efeitos visuais sem barulho ou similares que ocasionem ruído de baixa intensidade. Em caso de descumprimento, será cobrada multa no valor de R$ 2 mil, que deverá dobrar na hipótese de reincidência. 
Os vereadores afirmam que a poluição sonora causada pelos fogos de artifício causa danos à fauna silvestre e aos animais domésticos, além de perturbar idosos, crianças e pacientes em hospitais e clínicas. Segundo o projeto, ???as pessoas que manuseiam esse tipo de artefato também se expõem a acidentes, dos quais 70% provocam queimaduras importantes, de acordo com informações do Ministério da Saúde???. 
????? importante refletir sobre como uma conduta social considerada aceitável pode ultrapassar os limites de bem-estar de outras pessoas e de outros seres que compartilham o ambiente com os seres humanos, inclusive aqueles com os quais são estabelecidas fortes relações afetivas???, considera Ronaldo Mendes. 
???Todas as cidades da região já haviam aprovado esse tipo de projeto, que é de suma importância. Agora, Sumaré, pela grandeza de seu parlamento, também proíbe a soltura de fogos com estampido???, comemorou Décio Marmirolli.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE